Penitenciaria Apostólica: Indulgência Plenária no 1° Dia Mundial dos Avós e dos Idosos

Receberão a Indulgência Plenária os avós, idosos e todos os fiéis que participarem no dia 25 de julho de 2021, Primeiro Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, da solene celebração que o Papa Francisco presidirá na Basílica de São Pedro ou das diversas funções que ocorrerão em todo o mundo

Penitenciaria Apostólica: Indulgência Plenária no 1° Dia Mundial dos Avós e dos Idosos
Reprodução da Internet

A Penitenciaria Apostólica divulgou um decreto sobre a Indulgência Plenária, na terça-feira, 22, por ocasião do Dia Mundial dos Avós e dos Idosos que será celebrado no 4° domingo de julho, dia 25.

Com a divulgação do Decreto, assinado pelo Penitencieiro-mor, cardeal Mauro Piacenza, e pelo regente da Penitenciaria, mons. Krzysztof Nykiel, o organismo vaticano atende ao recente pedido do prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, cardeal Kevin Joseph Farrell, em vista do Primeiro Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, concedendo a Indulgência Plenária, “sob as habituais condições, confissão sacramental, comunhão eucarística e oração nas intenções do Sumo Pontífice, aos avós, aos idosos e a todos os fiéis que, motivados por um autêntico espírito de penitência e caridade, participarem no dia 25 de julho de 2021, Primeiro Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, da solene celebração que o Papa Francisco presidirá na Basílica de São Pedro ou então das diversas funções que ocorrerão em todo o mundo. Os quais poderão aplicá-la também em sufrágio das almas do Purgatório”. A Indulgência Plenária será concedida também “nesse mesmo dia aos fiéis que dedicarem tempo para visitar em presença ou virtualmente os irmãos idosos necessitados ou em dificuldade, como os doentes, os abandonados, os deficientes e afins”.

Poderão também obter a Indulgência Plenária, os idosos doentes e todos os que, impossibilitados de saírem de casa por grave motivo, unirem-se espiritualmente às funções sagradas do Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, através dos meios televisivos e radiofônicos, mas também pelos novos meios de comunicação social.

Para que se torne mais fácil o acesso ao perdão divino, em nome da caridade pastoral, a Penitenciaria Apostólica pede aos sacerdotes para ouvirem as confissões e mostrarem-se disponíveis, com espírito pronto e generoso, para a celebração da Penitência.

(Com informações de Vatican News)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter