Bispos do Regional Sul 1 da CNBB realizam reunião virtual

O episcopado paulista – Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) – realizou, no dia 6, um encontro virtual, com a participação de cerca de 35 bispos, para repercutir questões tratadas na reunião do Conselho Permanente da CNBB, ocorrida em 25 de junho, além de outros assuntos.

(Crédito: Regional Sul 1 da CNBB)

Convocada pela presidência do Regional, a reunião, por videoconferência, abordou diversos temas. Um deles foi sobre a reabertura das igrejas e a celebração das missas com a presença dos fiéis, considerando a gradativa e cuidadosa flexibilização do isolamento social, em vigor por causa da pandemia.

Dom Reginaldo Andrietta, Bispo de Jales, discorreu sobre a 6ª Semana Social Brasileira, que objetiva ser uma grande mobilização nacional em torno do tema “Mutirão pela Vida: por Terra, Teto e Trabalho”, diante do cenário da pandemia de COVID-19. Essa mobilização se inspira nas palavras do Papa Francisco, em Roma, em outubro de 2014, no seu encontro com os Movimentos Populares, quando convocou: “Digamos juntos, de coração: nenhuma família sem casa, nenhum camponês sem-terra, nenhum trabalhador sem direitos, nenhuma pessoa sem a dignidade que o trabalho dá”.

A semana social acontecerá no período de três anos (2020 a 2022) e um dos momentos centrais será o seminário nacional para formação de articuladores. A 6ª SSB conta, no Regional, com o acompanhamento de Dom Júlio Endi Akamine, Bispo Referencial para as Pastorais Sociais e a assessoria do Padre Walter Merlugo, Secretário Executivo do Regional. O seminário do Regional Sul 1 da 6ª SSB acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de julho.

Sobre as Eleições 2020, a tendência é fazer uso da Cartilha para as eleições municipais 2020 do Regional Sul 2, elaborada em três partes: 1. O sistema político brasileiro; 2. A Igreja e a Política; 3. As eleições municipais de 2020.

A presidência do Regional Sul 1 comunicou aos bispos que a aprovação do relatório financeiro de 2019 será feita após a reunião com o conselho econômico e conselho fiscal. Aproveitou-se para recordar as datas das Coletas de 2020: dia 13 de setembro para os lugares santos, 04 de outubro para o óbolo de São Pedro, 18 de outubro para missões e santa infância, 21 e 22 de novembro para Campanha da Fraternidade e Campanha da Evangelização (50% do total arrecadado serão destinados para a CF e 50% para a Evangelização).

Dom Eduardo Malaspina, Bispo Referencial da Comissão Regional em Defesa da Vida, comentou sobre o trâmite de dois projetos de lei de números 1444 e 1552, no Congresso Nacional. Os dois projetos têm como objetivo acolher a mulher nestes tempos de pandemia, onde a violência contra a mulher tem aumentado, no entanto induzem, de forma não evidente, a prática do aborto nos hospitais públicos do Brasil. Os referidos projetos estão tramitando na Câmara dos Deputados e serão encaminhados para serem votados no Senado Federal.

Dom Vicente Costa, mais uma vez, solicitou à presidência que organize, ainda que no próximo ano, um encontro com a participação dos ecônomos e colaboradores na gestão econômico-financeira das dioceses, com o objetivo de se conhecer as orientações as diretrizes e métodos de trabalho da CNBB nacional, traçar linhas de ação em comum e, sobretudo, garantir probidade, eficiência e transparência na vida administrativa das paróquias e dioceses.

Falou-se também sobre a missão ad gentes – Amazonas e na Diocese de Pemba, situada ao norte de Moçambique, na província de Cabo Delgado, na África. Em Pemba, a região de Nangade está sofrendo ataques de grupos radicais que praticam violência contra a população, incendiando casas e matando civis, o que tem causado um grande êxodo rumo a Pemba, que teve seu número de habitantes duplicado com a chegada desses refugiados.

A assembleia dos bispos do Regional está marcada para os dias 13 a 15 de outubro, em Itaici, no município de Indaiatuba. Espera-se poder realizá-la de modo presencial, contando com o declínio da pandemia. A assembleia terá como tema central o Documento 110 da CNBB (1a. Edição 2019): Diretrizes para a formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil.

(Com informações de Dom Pedro Stringhini, Presidente do Regional Sul 1 da CNBB)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter