Celebrações marcam os 90 anos de Nossa Senhora Aparecida como padroeira do Brasil

Imagem de Nossa Senhora Aparecida percorre suas do Rio de Janeiro, em 1931 (Arquivo/Arquidiocese do Rio de Janeiro)

Na segunda-feira, 31, festa litúrgica da Visitação de Nossa Senhora, também são recordados os 90 anos do evento que marcou a proclamação de Nossa Senhora da Conceição Aparecida como padroeira do Brasil.

Embora o decreto do Papa Pio XI que declarou a padroeira do Brasil tenha sido assinado em 16 de julho de 1930, o ato de proclamação aconteceu em 1931, quando a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi entronizada no Rio de Janeiro, então capital brasileira, sendo aclamada por milhares de fiéis pelas ruas da cidade.

Evento histórico

Essa foi a primeira vez que a pequena imagem encontrada no Rio Paraíba do Sul em 1717 deixava Aparecida. A viagem foi feita de trem em um vagão capela que parou em todas as estações ao longo do trajeto para ser venerada pelas pessoas.

Multidão de fiéis celebram a proclamação da padroeira do Brasil, no Rio de Janeiro (Arquivo/Arquidiocese do Rio de Janeiro)

“Para ver a imagem da padroeira, mesmo que fosse de longe, a grande metrópole se transformou. As pessoas saíram de casa para se juntar com as que vieram de todas as partes do país. Enchiam ruas, praças e janelas. Na procissão, mais de 30 bispos, o clero, e a presença expressiva de membros de irmandades e associações religiosas. Também muitas autoridades, inclusive o presidente da época, Getúlio Vargas. Os sinos das igrejas repicavam, os aviões militares cruzavam os céus e o povo não cansava de dar vivas à padroeira. Os testemunhos afirmam que foi um dia luminoso, de emoções, uma antecipação da vida na eternidade”, relatou o Cardeal Orani João Tempesta, Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Na época, Aparecida pertencia ao território da Arquidiocese de São Paulo. Por isso a imagem da padroeira chegou ao Rio de Janeiro conduzida pelo então Arcebispo de São Paulo, Dom Duarte Leopoldo e Silva, acompanhado dos cônegos do Cabido Metropolitano.

Comemorações

Para recordar o evento a Arquidiocese do Rio de Janeiro organizou uma programação que começou no domingo, 30, com uma missa presidida por Dom Orani no Santuário Nacional de Aparecida. Em seguida, na segunda-feira, uma réplica da imagem da padroeira será levada novamente ao Rio de Janeiro.

“Em vista dos tempos de pandemia que estamos vivendo, que exige protocolos de segurança, sobretudo de distanciamento social, não será possível repetir o que foi realizado em 1931, como o congresso arquidiocesano, a procissão triunfal pelas ruas do centro da cidade, nem uma grande concentração, como aconteceu na Esplanada do Castelo”, explicou o Cardeal Tempesta.

Portanto, a programação será mais reduzida, mas não menos solene. Dessa vez, a réplica da imagem virá de carro, e fará o percurso pelas ruas da cidade a bordo do veículo leve sobre trilhos (VLT). Nossa Senhora será trazida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, acompanhado dos missionários redentoristas, responsáveis pelo Santuário Nacional.

Dom Duarte Leopoldo e Silva, então Arcebispo de São Paulo, levou a imagem de Aparecida ao Rio de Janeiro (Arquivo/Arquidiocese do Rio de Janeiro)

Programação

A imagem chegará à “cidade maravilhosa” às 15h, na Capela de Nossa Senhora Aparecida na Central do Brasil, antiga estação Dom Pedro II, onde a imagem desembarcou há 90 anos. Em seguida, será levada à Igreja Nossa Senhora do Carmo, antiga catedral, onde, às 17h, será entoado o hino de louvor Te Deum.

Às 17h, acontecerá a inauguração da exposição de fotos comemorativa da data, na Igreja São Francisco de Paula, também no Centro, local onde foi celebrada a missa solene da proclamação. Nessa mesma igreja, às 18h, haverá uma missa solene, seguida da apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro e da cantora Elba Ramalho, às 19h30.

A programação das 15h às 17h, poderá ser acompanhada pelos meios de comunicação da Arquidiocese do Rio de Janeiro.  A partir das 18h, a Rede Aparecida transmitirá a missa e a apresentação da orquestra.

(Com informações de A12 e ArqRio)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter