Concerto homenageia o Padre José Weber por seus 90 anos

Concerto homenageia o Padre José Weber por seus 90 anos, Jornal O São Paulo
Luciney Martins/O SÃO PAULO

Para celebrar os 90 anos de vida do Padre José Henrique Weber, um dos maiores compositores de músicas litúrgicas do Brasil, a São Paulo Schola Cantorum, em parceria com a Arquidiocese de São Paulo, a Congregação do Verbo Divino (Verbitas) e a Paulus Editora realizaram um concerto musical na quinta-feira, 29 de setembro, na Basílica Sant’Ana, na zona Norte da capital. 

Concerto homenageia o Padre José Weber por seus 90 anos, Jornal O São Paulo

Durante o evento, foram apresentadas músicas conhecidas do repertório do sacerdote verbita, como “Prova de amor maior não há”, “Eu vim para que todos tenham vida”, “Sim, eu quero”, entre outras. 

Na ocasião, foram lançados oficialmente dois álbuns com composições do Padre Weber, recentemente publicados pela Paulus Editora: “Cantos a Maria, Mãe de Jesus” e “Durma em paz, não tenha medo”, ambos interpretados pela São Paulo Schola Cantorum. Este último álbum constitui um Réquiem pela Pandemia de COVID-19. 

GRATIDÃO 

Durante o evento, o atual Assessor de Música Litúrgica da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Irmão Fernando Benedito Vieira, entregou ao Padre Weber uma placa comemorativa, expressando o agradecimento do episcopado brasileiro pelo abnegado serviço prestado pelo Sacerdote na música litúrgica e em outras áreas da ação evangelizadora. 

Concerto homenageia o Padre José Weber por seus 90 anos, Jornal O São Paulo

Ao saudar o aniversariante, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, recordou que muitas das composições do Padre Weber fizeram parte do seu processo formativo como seminarista e no início do sacerdócio. Dom Odilo destacou, ainda, que os cantos compostos pelo homenageado são essencialmente bíblicos, como propõe a reforma litúrgica decorrente do Concílio Vaticano II, e “facilmente cantáveis”, o que permite maior participação da assembleia nas liturgias, como também prevê a reforma conciliar. “Mais uma vez, agradecemos a você, Padre Weber, por tão grande contribuição não tanto para a liturgia quanto para a formação cristã do nosso povo, pois seus cantos também são catequéticos”, afirmou. 

Deixe um comentário