Cristo Redentor completa 90 anos

A inauguração solene ocorreu em 12 de outubro de 1931, no dia de Nossa Senhora Aparecida

Santuário do Cristo Redentor

A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro realizou na terça-feira, 12, uma série de atividades para comemorar os 90 anos do Cristo Redentor.

Devido ao mal tempo na capital fluminense, a missa em ação de graças foi transferida do Santuário do Cristo Redentor para a Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro. Na homilia, o Cardeal Orani João Tempesta, Arcebispo Metropolitano, apontou que em tempos de polarizações, ódios, rancores e situações diversas, celebrar os 90 anos da inauguração do Cristo Redentor é “nos comprometer hoje a ajudar o Brasil a ser cada vez mais um país que acolhe e constrói pontes, para convivermos com os diferentes, uns com os outros; e aquilo que suscita a imagem do Redentor, além da fé em Cristo Jesus, é que os braços abertos possam ajudar o País, o mundo, a ver que é possível olhar com fraternidade uns para os outros, e isso seria um sonho a que nós somos chamados a acalentar”.

O primeiro a ter a ideia da construção de um monumento com a imagem de Jesus Cristo no local conhecido como “Corcovado” foi o Padre francês Pierre-Marie Boss, em 1859, mas a ideia não avançou. Apenas em 1921, o “Círculo Católico”, liderado pelo General Pedro Carolino Pinto, novamente ventilou a ideia de se fazer o monumento para a celebração do centenário da Independência do Brasil. Em 1923, a Arquidiocese do Rio de Janeiro iniciou uma campanha de arrecadação em todo o País para viabilizar a obra, que seria feita a partir de 1926, tendo como mestre de obras da construção o arquiteto Heitor Levy e como engenheiro fiscal o senhor Pedro Fernandes Viana. A inauguração solene ocorreu em 12 de outubro de 1931, no dia de Nossa Senhora Aparecida. O monumento do Cristo Redentor recebeu a visita de São João Paulo II em 1980. Em 2006, por decreto do Cardeal Eusébio Oscar Scheidt, então Arcebispo Metropolitano, foi criado o Santuário Arquidiocesano do Cristo Redentor. Desde 2008, o monumento é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Fontes: Agência Brasil e Santuário do Cristo Redentor

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter