Morre aos 84 anos o Padre José Marcos de Faria, SJ

A Província dos Jesuítas do Brasil informou, com profundo pesar, o falecimento do Padre José Marcos de Faria, SJ, aos 84 anos, ocorrido na quarta-feira, 29, na Comunidade de Saúde e Bem-Estar Nossa Senhora da Estrada, em São Paulo (SP).

Ele foi velado na tarde do mesmo dia na Comunidade Nossa Senhora da Estrada, onde houve a missa de corpo presente, com o rito das exéquias, seguida do translado do corpo até o Cemitério Santíssimo Sacramento, na capital paulista, onde ocorreu o sepultamento.

“O sacerdote era reconhecido por todos, principalmente, pela tranquilidade e pelo amor e dedicação ao ministério do acompanhamento espiritual”, consta na nota de pesar dos Jesuítas.

BIOGRAFIA

Filho de Adélia de Sandre Faria e Durval Faria Sobrinho, o Padre José Marcos nasceu no município de Cedral (SP), em 23 de junho de 1938. Ingressou na Companhia de Jesus aos 18 anos de idade, em 6 de março de 1957, sendo ordenado sacerdote em 19 de dezembro de 1970.

Fez sua graduação em Filosofia na Faculdade Eclesiástica de Filosofia, em Nova Friburgo (RJ), e a de Teologia na Faculdade de Teologia Cristo Rei, em São Leopoldo (RS).

O jesuíta trabalhou no Colégio São Luís, em São Paulo (SP), de 1963 a 1965, e no Colégio Est. Pedro Scheider, em São Leopoldo (RS), de 1969 a 1970. De volta a São Paulo, foi diretor da Pastoral de Juventude e Vocacional no Anchietanum, de 1971 a 1981; orientador espiritual no Colégio São Luís, de 1971 a 1978; e membro da Coordenação de Pastoral Vocacional e da Região Episcopal Sé da Arquidiocese de São Paulo,  de 1973 a 1978. Em Juiz de Fora (MG), em 1982, exerceu a função de formador. No ano seguinte até 1986, foi assessor de Vocações e Ministérios da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília (DF).

Em 1987, trabalhou como coordenador da Pastoral dos Estudantes – SJ, em Belo Horizonte (MG). No ano seguinte, assumiu a missão de formador no Juniorado, em João Pessoa (PB), e vigário paroquial. De 1989-1991, foi superior da Comunidade, em Itaici (SP), membro do Centro de Espiritualidade Inaciana de Itaici e orientador de retiros .

Padre José Marcos viveu de 1992 a 1994 em Roma (Itália), onde exerceu a função de diretor espiritual do Colégio Pio Brasileiro.

De volta ao Brasil, trabalhou como diretor da Casa de Retiros Padre Anchieta (Carpa) e assistente eclesiástico da CVX Regional e da Associação de Comunidades de Vida Mariana (ACVM), no Rio de Janeiro, de 1995 a 1998. Foi coordenador da Pastoral Vocacional da Província – SJ, de 1995 a 1997, além de orientador de retiros e membro do CEI-Itaici, em Indaiatuba (SP), de 1999 a 2012; acompanhante espiritual, em Santa Rita do Sapucaí (MG), de 2013 a 2015.

Desde 2016, Padre José Marcos residia na Comunidade de Saúde e Bem-Estar Nossa Senhora da Estrada e dedicava-se a orientar Exercícios Espirituais e orar pela Igreja e pela Companhia.

Fonte: Província dos Jesuítas do Brasil

guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Maria Clarice Faria da Costa
Maria Clarice Faria da Costa
11 meses atrás

O Pé José Marcos viveu em função da sua fé em Deus e abarcou uma vida de orientação à juventude católica, além de outras funções exercidas dentro da Companhia de Jesus.