Padre Flávio José de Medeiros Filho, do clero da Arquidiocese de Natal, é nomeado cônego da Basílica Vaticana

Arquidiocese de Natal

O Papa Francisco nomeou o padre Flávio José de Medeiros Filho, do clero da arquidiocese de Natal, na dignidade de cônego da Basílica Vaticana, tornando-o membro efetivo de uma instituição venerável e milenar, que é o Cabido de São Pedro, fundado no ano 1053, pelo Papa Leão IX.

O Cabido Vaticano é composto por um colégio de monsenhores de nomeação pontifícia, que garante e realiza vários aspectos da vida ministerial, litúrgica e pastoral da maior igreja do mundo, a serviço do Sucessor de Pedro.

Neste Domingo de Ramos, 10 de abril, durante a celebração litúrgica das Vésperas no altar da Cátedra, monsenhor Flávio renovou publicamente a sua profissão de fé, recebeu a Bula pontifícia e as insígnias eclesiásticas próprias do seu estado.

O monsenhor já exercia o ministério sacerdotal a serviço da Basílica há 17 anos. De acordo com a arquidiocese de Natal, esta nomeação é também expressão de comunhão da Igreja particular de Natal com a Sé de Pedro, que preside na caridade a Igreja de Cristo.

Em entrevista ao Portal G1, o padre disse que o seu desafio neste ofício é o serviço ministerial de um sacerdote, como qualquer outro, que é colocado naquela igreja, que tem sua particularidade de ser uma basílica que conserva há 2 mil anos o túmulo do apóstolo Pedro, que foi o apóstolo sobre o qual Jesus disse que edificaria a sua igreja.

“Estamos a serviço do evangelho, administrando os sacramentos, rezando com o povo na liturgia das horas, a serviço da caridade, acolhendo os peregrinos que chegam do mundo inteiro. Tudo que diz respeito à vida de um sacerdote”, disse.

Fonte: Arquidiocese de Natal

Deixe um comentário