Padre Júlio Lancellotti recebe a Medalha da Ordem do Mérito do Ministério da Justiça

Em cerimônia na manhã do domingo, 24, na Capela São Judas Tadeu, no bairro da Mooca, o Padre Júlio Lancellotti, Pároco da Paróquia São Miguel Arcanjo e Vigário Episcopal para a Pastoral do Povo da Rua da Arquidiocese de São Paulo, recebeu a condecoração Grã-Cruz da Ordem do Mérito do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Foto: Ministério da Justiça

A entrega foi feita pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Flavio Dino, que lembrou que a decisão de homenagear o padre veio após a notícia de que ele vinha sendo ameaçado, em agosto. O autor do bilhete com ameaças e ofensas deixado na porta da Paróquia São Miguel Arcanjo foi identificado após análise das imagens das câmeras de vigilância.

A medalha, criada em 2018, é concedida a pessoas que tenham prestado serviços notáveis ao Ministério da Justiça ou órgãos vinculados à pasta.

Entre os presentes à cerimônia de entrega estavam o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, e o ministro dos Direitos Humanos, Sílvio Almeida.

 “Essa comenda, essa medalha, a inclusão do Padre Júlio na Ordem da Justiça é, sem dúvida, um sinal para que se olhe com muito respeito não só para o trabalho do Padre e a pessoa dele, mas para as pessoas que o Padre Júlio representa e por quem ele doa a própria vida”, ressaltou o Cardeal Scherer, recordando que Padre Júlio foi nomeado por Dom Paulo Evaristo Arns como Vigário Episcopal para a Pastoral do Povo da Rua, ou seja, como representante do bispo para o cuidado destas pessoas, função que foi confirmada depois pelo Cardeal Cláudio Hummes e também pelo próprio Dom Odilo há 16 anos.

guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
ARMANDO LEONARDO e Cinira
ARMANDO LEONARDO e Cinira
8 meses atrás

PARABENS AO SENHOR PADRE JÚLIO O SENHOR MERECE CONHEÇO PADRE JÚLIO A MAISE DE 25 ANOS E SEI DE SUA LUTA EM FAVOR DOS NECESSITADOS QUE DEUS ABENÇOE A TODOS AMÉM.