Vacinação contra a COVID-19: Prefeitura de SP suspende atendimento em drive-thrus

Imunização contra o coronavírus continua nas demais unidades com a 1a e 2a doses para o público prioritário

Prefeitura de SP

Os postos drive-thru para a vacinação contra a COVID-19 estão com atendimento temporariamente suspenso na cidade de São Paulo em razão da baixa procura de pessoas para se imunizar. Os postos volantes em drogarias também estão desativados até a próxima abertura de um novo grupo prioritário.

Com o encerramento temporário dos drive-thrus, as equipes serão remanejadas para as outras unidades de vacinação do município e vão reforçar o atendimento em toda a rede da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

A imunização de 1a e 2a doses continua normalmente nos demais postos da rede: Unidades Básicas de Saúde (UBSs), AMA/UBS Integradas, megapostos com acesso para pedestres, unidades do Serviço de Atenção Especializada (SAE) e Centros de Saúde.

As UBSs que têm o sistema de drive-thru continuam aplicando as vacinas. Aos sábados, a vacinação acontece nas AMA/UBS Integradas.

Ritmo de vacinação

De acordo com levantamentos de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde, até às 20h da segunda-feira, 7, um total de 49.584.110 pessoas já receberam a 1a  dose da vacina contra a COVID-19, o que representa 23,42% da população brasileira.

Já a 2a dose foi aplicada em 23.026.663 pessoas (10,87% da população), num total de mais de 72.610.773 pessoas em todos os estados e no Distrito Federal.

A imunização em São Paulo      

Até às 20h da segunda-feira, 7, um total de 12.413.140 pessoas já tinham recebido a 1a  dose da vacina contra a COVID-19 no estado de São Paulo. Já a 2a dose foi aplicada em 5.890.660 milhões de pessoas no território paulista.

Desde a segunda-feira, 7, podem receber a primeira dose do imunizante mulheres que estão amamentando (lactantes) com comorbidades acima de 18 anos; gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz até 45 dias após o parto), acima de 18 anos, sem comorbidade; pessoas com deficiência permanente inscritas no Benefício de Prestação Continuada (BPC), com 18 anos ou mais; e pessoas com comorbidades a partir de 18 anos.

Também a partir da segunda-feira, os estagiários dos cursos de saúde, independentemente do ano cursado, poderão se cadastrar para doses remanescentes nas 468 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital. Pessoas com mais de 50 anos sem comorbidades também podem se cadastrar.  Todos os dias, de 1.800 a 2.000 doses ficam disponíveis no fim do dia e podem ser aplicadas no público que se cadastrar para as doses que sobrarem.

LISTA DE COMORBIDADES
– Insuficiência cardíaca
– Cor-pulmonale e hipertensão pulmon
– Cardiopatia hipertensiva
– Síndrome coronariana
– Valvopatias
– Miocardiopatias e pericardiopatias
– Doença da aorta, dos grandes vasos e fístolas arteriovenosas
– Arritmias cardíacas
– Cardiopatias congênitas no adulto
– Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
– Diabete mellitus
– Pneumopatias crônicas graves
– Hipertensão arterial resistente
– Hipertensão arterial estágio 3
– Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão de órgãos alvos
– Doença cerebrovascular
– Doença renal crônica
– Imunossuprimidos
– Anemia falciforme
– Obesidade mórbida

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter