Com tantas coisas ruins acontecendo, será o final dos tempos?

Hoje respondo a esta interessante pergunta da Maria Aparecida, aqui de São Paulo: “Padre, o que o senhor acha desses acontecimentos no mundo como pandemia, terremotos, enchentes, furacões, guerras… Seria o final dos tempos? Seria o fim da humanidade?”

Todos nós temos a tentação de achar que Deus já não aguenta mais a humanidade e está na hora de acabar com ela. Há aqueles que dizem que o mundo vai acabar em fogo, porque o primeiro fim do mundo, o dilúvio, acabou em água. Há aqueles que dizem ter tido visões ameaçadoras em que Deus revela estar perdendo a paciência conosco. Agora, então, com a pandemia que ceifou tantas vidas , com os  terremotos, enchentes, furacões, guerras, já tem gente desconfiando que está chegando o fim do mundo.

Podemos refletir um texto da Bíblia muito bonito em que Abraão suplica a Deus pelas cidades pecadoras de Sodoma e Gomorra. Abraão vai perguntando a Deus: Senhor, se tiver 50 justos, 40 justos, 30 justos, 10 justos, o Senhor vai destruir estas cidades matando os justos também? E Deus a cada pergunta vai desistindo de destruir Sodoma e Gomorra.

Deus é infinitamente misericordioso, paciente, lento para a ira… nos diz a Bíblia. Então, porque acreditar que Deus esteja fazendo sofrer tanta gente inocente? Além disso, neste mundo de Deus há tantos santos, tanta gente boa. Alguém acha que Deus vai botar todo mundo na fornalha? 

Eu penso que nós devemos ler esses acontecimentos catastróficos como responsabilidade nossa e não de Deus. Somos nós que estamos loucamente destruindo a nossa casa, que é este mundo tão grande e tão bonito. Somos nós que envenenamos as águas com nossas indústrias, nós que devastamos nossas florestas, nós que poluímos o ar, nós que provocamos o equilíbrio lindo que Deus colocou na natureza. 

O fim do mundo virá só Deus sabe quando. Mas loucos que somos, é bem capaz que nós mesmos acabemos com o mundo antes do previsto por nossa ambição, por nossa sede de lucro, por nossa falta de respeito com a obra de Deus que é a natureza e com a obra de Deus mais perfeita que somos nós mesmos.

O que precisamos é pedir a Deus sabedoria para fazermos as escolhas certas. Uma escolha errada que fazemos na condução da nossa vida pessoal, familiar, social… pode estragar toda a nossa caminhada futura. É o que eu penso, minha irmã. 

guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Adele Colameo
Adele Colameo
6 meses atrás

Quanta lucidez, padre Cido!
Apreciei principalmente quando afirmou que devido à ambição humana, é capaz mesmo que acabemos com o mundo antes do tempo. O melhor é seguir a sua orientação e melhorarmos o mundo ao nosso redor. Como diz aquela antiga música, “Depende de nós…”