Qual a diferença entre pároco e vigário?

A Elza, do bairro Piraporinha, em Diadema (SP), me encaminhou a seguinte dúvida: “Em uma paróquia pode haver dois vigários e um pároco?”. 

Minha irmã: primeiramente, é bom que você compreenda a diferença entre os títulos de pároco e de vigário. A palavra “pároco” significa aquele padre que recebeu do seu bispo – no caso da nossa Arquidiocese de São Paulo, do Arcebispo Metropolitano ou do bispo auxiliar em uma região episcopal – a missão de conduzir, celebrar e santificar uma porção do povo de Deus, lendo e meditando a Palavra de Deus e, organizando como pastor a comunidade. 

Cada paróquia, cada porção de fiéis em que se divide a diocese, precisa de um pároco, alguém que mora em seu meio e o governa  em nome do bispo. 

Já a palavra “vigário” significa alguém que faz as vezes do bispo e do pároco quando estes estão impossibilitados de estar com sua paróquia. Há paróquias grandes que precisam de dois ou mais vigários que ajudem o pároco no exercício de suas funções. Por isso, respondendo à sua pergunta, Elza. Sim, pode haver um pároco e mais de um vigário em uma paróquia. 

Deixe um comentário