Deus não permite que se faça transfusão de sangue?

A Rosana Correia, que mora na Casa Verde, precisou fazer uma transfusão de sangue e ouviu dizer em outras religiões que Deus não permite esse tipo de prática. Ela pergunta se isso é verdade.

Minha irmã, vamos ver se entendemos bem este assunto de uma vez por todas. A Bíblia, no Antigo Testamento, proíbe que se alimente de sangue? Proíbe. E por que proíbe? Porque o sangue representa a vida do ser vivo (cf. Gn 9,4; Dt 12,23). Na Igreja primitiva, essa proibição foi mantida (cf. At 15,29). Homem e animais são constituídos de “carne e sangue”.

Para nós também o sangue significa a vida, não é mesmo? Quando alguém empenha sua vida numa obra, como é que a gente se expressa? A gente não diz assim: “Fulano deu o sangue”? Em relação aos mártires que morreram pelo nome de Jesus, nós dizemos o quê? Que derramaram seu sangue por Jesus, não é mesmo?

Nos sacrifícios de animais que se ofereciam no templo, o sangue deles derramado sobre o altar significava a oferta da vida a Deus.

Agora vamos lembrar que o sacrifício de Jesus substituiu os sacrifícios antigos. Ele derramou seu sangue por nós. Ele nos deu a vida divina. “Meu corpo é verdadeira comida e meu sangue verdadeira bebida”, Ele nos diz: “Quem come minha carne e bebe meu sangue vive em mim e Eu nele, tem a vida eterna e Eu o ressuscitarei no último dia”.

Jesus também disse: “Não há maior prova de amor do que dar a vida por quem se ama”. E Ele deu o exemplo: derramou até a última gota do seu sangue por nós. Por tudo isso, minha irmã, a Igreja não pode nem poderia ser contra a transfusão de sangue. É uma prova de amor muito grande que se espelha no sacrifício de Jesus. Você entendeu? Então, reze por quem doou o sangue que você recebeu, e vamos ser solidários nos doando a quem precisa de nós.

Colunas Relacionadas

spot_img

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Colunas

Assine nossa Newsletter