Nosso corpo mortal ressuscitará imortal?

A Sonia Regina, do bairro Jardim Marisa, me escreveu pedindo explicações sobre a passagem bíblica 1Cor 15,32-34.42-49.

Sonia, aqui há uma linda comparação que São Paulo faz da ressurreição dos mortos. Ele compara o gesto de sepultar uma pessoa ao gesto de plantar uma semente. A planta que nasce é muito mais perfeita e completa do que a semente que foi plantada. Assim também acontecerá conosco, quando terminarmos nossa vida neste mundo e no final dos tempos, quando ressuscitaremos dos mortos.

São Paulo explica para nós que o nosso corpo carnal será sepultado, como uma semente, e ressuscitará como um corpo espiritual. Inseridos em Cristo ressuscitado, nosso corpo mortal ressuscitará imortal. Nossa mortalidade se transformará em imortalidade.

Sabe, Sonia, há uma bela cidade aqui pertinho de nós, chamada Louveira, no interior paulista. Lá, no túmulo de um padre, se lê a seguinte frase: “Aqui jaz padre Fulano de Tal, que nasceu para morrer em 1905 e morreu para ressuscitar em 1960”. Veja que bonito, Sonia. É assim mesmo. A ressurreição é uma passagem para uma vida muito mais plena.

São Paulo explica, portanto, com muita clareza, aquilo que nós proclamamos quando rezamos o Creio em Deus Pai: “Creio na ressurreição da carne e na vida eterna!” Então, releia o texto que você quis que eu explicasse, agora com atenção e carinho. Fique com Deus, minha irmã.

Colunas Relacionadas

spot_img

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Colunas

Assine nossa Newsletter