Os avós podem ser padrinhos de Batismo dos netos?

Hoje respondo à pergunta da Maria da Silva, de Mauá (SP): “Padre, os avós podem batizar os netos?”

Maria, é claro que sim. E por vários motivos. Vamos lá.

Os avós, ao se tornarem padrinhos de seus netos, acabam fazendo com que o amor que sentem por eles se torne maior ainda.

Creio também que não faltará aos netos e afilhados a formação religiosa. Ser padrinho é ser pai e mãe na fé. E não é raro os avós serem homens e mulheres de muita fé. Tem mais: em muitos casos, é melhor escolher os avós como padrinhos do que escolher estranhos, que, de repente, vivem distantes de seus afilhados, nunca os procuram quando deveriam ser uma presença constante em suas vidas.

Além de tudo isso, não foram poucas as vezes em que sugeri a mães solteiras escolherem seus pais como padrinhos. Eles acolheram em casa a filha grávida, acolheram com amor o neto ou a neta que chegou. Quer coração mais amoroso que o destes avós?

É verdade que a idade poderá diminuir o tempo de presença dos avós-padrinhos na vida dos netos e afilhados. Sempre, porém, haverá tempo de mostrar o caminho de Deus e ser testemunhas de fé para os netos-afilhados. Eu agradeço a Deus por ter sido criado por meus avós maternos, com os quais aprendi a ser cristão.

Ficam aqui esses pontinhos para você refletir, minha irmã. Deus abençoe você e sua família!

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter