‘Posso ser madrinha de Batismo sem ter o sacramento do Matrimônio?’

É a Edith, do bairro do Morumbi, quem faz a pergunta. Minha irmã, se você é solteira, nada impede que você seja madrinha de Batismo de uma criança. Também uma pessoa que não é casada na Igreja pode ser padrinho ou madrinha de Batismo. Pense comigo, porém: você será uma madrinha muito mais perfeita, muito mais consciente, e poderá ajudar melhor seu afilhado ou sua afilhada, caso se case na Igreja.

Sabe, Edith, é muito triste quando um homem e uma mulher são convidados para ser padrinhos de uma criança e estão afastados da Igreja, ou vivem uma união que não foi santificada pelo sacramento do Matrimônio. Existem muitos padrinhos que acabam não sendo padrinhos verdadeiros, porque não podem ser pais na fé ou rejeitam o casamento na Igreja. Então, em vez de serem padrinhos, acabam apenas sendo testemunhas de que o Batismo aconteceu.

Por isso, minha irmã, se nada impede o seu casamento na Igreja, procure legitimar sua união diante de Deus. É claro que se você está vindo de uma primeira união, há todo um caminho a seguir para se verificar a legitimidade dessa união, no Tribunal Eclesiástico. A alegria que você vai sentir se casando na Igreja será imensa, e estará testemunhando um carinho muito maior para com o afilhado ou afilhada que você vai batizar. Se não ficou clara a resposta, não se acanhe. Procure seu pároco ou escreva pra gente. Deus a abençoe!

9 comentários em “‘Posso ser madrinha de Batismo sem ter o sacramento do Matrimônio?’”

  1. Estou indignada depois de toda preparação não madrinha não pode batizar acho engraçado viu vejo e vi muitos que são casado tudo direitinho mais bem se importa com a vida do afilhado achei os do meu filho eles fazerem tudo pelo meu filho dar conselhos falam de religião vai a missa são católicos batizado mais só pq casaram no civil pois as contação não permite pq não e barato a eles não pode batizar gente cai na real muitos aí tem tudo isso e não vale nada deixar se eles são católicos e são boas pessoa deixar eles batizarem pois muitas vez o casamento acaba tem brigas confusão e outras coisas a mais e aí como fica a cabeça da criança a e um coisa que não entendo

    Responder
  2. Pois é, minha filha está com este problema, quer a tia como madrinha de seu filho e não pode pq a tia não e casada no religioso. A madrinha da minha filha, casou no religioso, nunca frequentou a igreja e se separou devido a adultério. Não sei aonde está a lógica disso.

    Responder
  3. sou casada mas meu ex mora com outra mulher ele quer o divórcio para batizar uma criança mas eu não vou dar o divórcio ele. pode batizar o padre não vai perguntar nada porque ele tem que saber que ele está batizando com uma não vai pedir certidão de casamento.

    Responder
  4. Sou divorciado no civil, porém sou casado na igreja. A minha dúvida é: existe alguma forma de pedir um nulidade matrimonial? Já convivo com outra mulher e muitos amigos me convidam para apadrinhar o filho deles, e eu digo que não posso, por esse motivo. Alguém sabe responder?

    Responder

Deixe um comentário para Ana Paula Silva Santana Cancelar resposta