Dom Odilo destaca a atuação dos beneditinos na vida da Igreja

Em seu programa de rádio, Arcebispo Metropolitano também comentou sobre sua participação na assembleia extraordinária do Celam

Dom Odilo destaca a atuação dos beneditinos na vida da Igreja
Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO

Na segunda-feira, 11, o Cardeal Odilo Pedro Scherer falou aos fiéis, em seu programa “Encontro com o Pastor”, na rádio 9 de Julho, sobre a memória litúrgica de São Bento e da assembleia extraordinária do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam). 

ORA ET LABORA

“Grande monge, grande visionário”, foi assim que o Arcebispo Metropolitano se referiu a São Bento, destacando que o fundador da Ordem Beneditina fez uma “bela síntese da vida cristã no seu lema ‘Ora et Labora’ – reza e trabalha”. 

Dom Odilo ressaltou que ser cristão é ter um olhar voltado para o céu. “Ter Deus, ter a Palavra de Deus, ter os valores da vida eterna diante dos olhos como grande referência, como guia, como luz a iluminar a vida neste mundo”, bem como ajudar, por meio do trabalho, a criar um mundo que seja bom para todos, no qual ninguém passe fome e haja solidariedade com o próximo. 

O Cardeal também destacou a importância da Ordem Beneditina na vida da Igreja. “Os mosteiros, as abadias eram grandes centros da vida da Igreja”, afirmou, frisando ainda a diversificação das congregações beneditinas, como os Cistercienses, Premonstratenses, Camaldulenses e Olivetanos; além das diversas congregações beneditinas femininas, como a Abadia de Santa Maria, em São Paulo. 

Por fim, o Arcebispo conclamou bênçãos para os beneditinos e desejou que “possam continuar colaborando com a vida e a missão da Igreja em nossa cidade, e serem esta presença do testemunho da Igreja que reza e trabalha”. 

ASSEMBLEIA DO CELAM

Dom Odilo também falou sobre a realização da assembleia extraordinária do Celam, da qual ele participa, entre os dias 11 e 14, em Bogotá, na Colômbia. 

O Cardeal ressaltou que o Conselho Episcopal Latino-Americano é um organismo continental que reúne os representantes de 22 conferências episcopais. “O Celam têm ajudado muito a refletir, a promover a pastoral e a evangelização em nossa Igreja”, destacou.

Dom Odilo comentou, ainda, que a pedido do Papa Francisco, a assembleia do Celam se voltará de modo especial para o Documento de Aparecida, 15 anos após a realização da Conferência de Aparecida 2007, “para reaprender e revisar aquilo que são as grandes diretrizes para a vida da Igreja.”

O Purpurado comentou, também, que o sínodo arquidiocesano leva em consideração o Documento de Aparecida e aquilo que a Conferência de Aparecida deixou como diretriz para a Igreja. Lembrou, ainda, que o Papa Francisco têm insistido muito para que a Igreja dê a sua contribuição para que os povos latino-americanos vivam melhor.

Por fim, Dom Odilo recordou o falecimento do Cardeal Cláudio Hummes, ocorrido em 4 de julho, e pediu orações “para que Deus o acolha e dê a recompensa na vida eterna”. 

OUÇA A ÍNTEGRA DO ENCONTRO COM O PASTOR – 11.07.2022

Deixe um comentário