JMJ 2023: Cardeal Tolentino considera que as jornadas vão ser uma “explosão de esperança”

O cardeal português afirma que a Jornada Mundial da Juventude de Lisboa vai ser “um gigante ponto de partida, que nos vai projetar em tantas dinâmicas criativas que vão inaugurar uma nova era”.

JMJ 2023: Cardeal Tolentino considera que as jornadas vão ser uma “explosão de esperança”, Jornal O São Paulo
Cardeal Tolentino (Ricardo Perna | JMJ Lisboa 2023)

Neste final de ano 2022 ganha destaque na Jornada Mundial da Juventude de Lisboa uma entrevista de D. José Tolentino Mendonça a dois jovens promovida pela organização da JMJ Lisboa 2023.

O cardeal Tolentino responde às questões de Sara de Fátima Rahemane, do Comité Organizador Local (COL), e David Moura, do Comité Organizador Diocesano de Vila Real.

Num diálogo sobre o Tempo de Natal e a expectativa do encontro de jovens de todo o mundo com o Papa, em agosto de 2023, o Prefeito do Dicastério da Santa Sé para a Cultura e a Educação exorta os jovens cristãos a serem “rosto de Cristo junto dos outros jovens”, pois o a JMJ de Lisboa vai ser “um gigante ponto de partida” para “uma nova era”.

JMJ 2023: Cardeal Tolentino considera que as jornadas vão ser uma “explosão de esperança”, Jornal O São Paulo

“Se neste interregno até às jornadas, nós descobrirmos que somos protagonistas da história, estamos implicados na história com 2000 anos que é a Igreja, que nós somos o rosto de Cristo junto dos outros jovens nas nossas sociedades… Se nós acreditarmos nisto, então o encontro com o Santo Padre, não vai ser apenas um ponto de chegada, mas vai ser um gigante ponto de partida, que nos vai projetar em tantas dinâmicas criativas que vão inaugurar uma nova era, uma nova época, na vida da Igreja, porque a Igreja vai receber o sangue novo da juventude”, afirmou.

O purpurado sublinha a importância da descoberta da pessoa de Cristo na preparação da JMJ de Lisboa.

“É tão importante que na preparação das jornadas, a nossa dimensão espiritual, a descoberta de Cristo e da sua Palavra, da sua pessoa, seja de facto o centro, aquilo que nos faz viver”, disse o cardeal lembrando que no centro do presépio está Jesus.

“A vida é um desperdício se vivermos a meio gás”, disse o cardeal frisando que um jovem que não vive “a 300% está a desperdiçar a sua energia.

“Um jovem que não vive eu não digo a 100%, digo a 300% está a desperdiçar a sua energia. A vida é um desperdício se vivemos a meio gás, se desperdiçamos a oportunidade, o instante, esta hora para vivermos um grande amor, para construir uma grande história, para dar o nosso contributo à sociedade, para abraçar verdadeiramente o mistério da Igreja”, declara o cardeal.

Para o cardeal Tolentino Mendonça a JMJ Lisboa 2023 será uma “explosão de esperança para o mundo”.

“E eu tenho a certeza que as Jornadas de Lisboa vão ser essa explosão de esperança que o mundo de hoje tanto precisa”, disse o cardeal.

Segundo informa a Agência Ecclesia, o diálogo com o cardeal Tolentino Mendonça foi promovido pela Fundação JMJ Lisboa 2023, com a indicação de que voltará a acontecer nos tempos fortes da liturgia até à realização da Jornada, de 1 a 6 de agosto de 2023.

Fonte: Vatican News

Deixe um comentário