‘The Letter’: filme inspirado na encíclica Laudato Si’ já pode ser visto gratuitamente

Em uma produção do Movimento Laudato Si’ e do Off the Fence, produtora vencedora do Oscar por “My Octopus Teacher”, e em colaboração com os Dicastérios para a Comunicação e para a Promoção do Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, foi lançado na última semana o documentário “The Letter. A message for our earth” – em tradução livre para o português “A Carta. Uma mensagem para nossa terra”. 

‘The Letter’: filme inspirado na encíclica Laudato Si’ já pode ser visto gratuitamente, Jornal O São Paulo
Reprodução

O filme tem o objetivo de evidenciar o poder da humanidade para deter a crise ecológica planetária. Partindo da crise ambiental e dos problemas sofridos pelo meio ambiente e pela população mundial, é ressaltado o quanto a natureza e os povos estão pagando pela constante degradação ambiental. 

O documentário conta a história da encíclica Laudato si’, com a participação especial do Papa Francisco. Os protagonistas são o Cacique Dadá (professor e indígena da Amazônia), Arouna (refugiado do Senegal), Ridhima (jovem ativista indiana) e Robin e Greg (casal de cientistas estadunidenses), vozes representando outras vozes sobre as questões críticas relacionadas às mudanças climáticas. 

O projeto conta com intervenções de representantes diretamente envolvidos na produção, entre eles o Cardeal Michael Czerny, Prefeito do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral; Hoesung Lee, presidente do Painel Intergovernamental de Peritos em Mudança Climática (IPCC); Lorna Gold, presidente do Conselho de Administração do Movimento Laudato Si’; e Nicolas Brown, escritor e diretor do filme, e do Cardeal Raniero Cantalamessa. 

Representantes do Movimento Laudato Si’ querem divulgar o filme pelo mundo como uma campanha de conscientização e ação concreta na transformação em prol da justiça climática e ecológica. Além disso, pretendem evidenciar o filme em espaços de poder – desde parlamentos até cúpulas da ONU, como COP27 e COP15 –, exigindo que as lideranças políticas tomem medidas urgentes. 

O Movimento Laudato Si’ está mobilizando uma campanha para que as paróquias e comunidades espalhadas em todo o mundo exibam o filme com o intuito de conscientizar a humanidade a agir de forma emergente pela preservação do planeta. O YouTube Originals é o distribuidor oficial do filme. 

CONVERSÃO ECOLÓGICA 

Em 2015, o Papa Francisco escreveu a Laudato si’, uma encíclica que aborda a crise ambiental e convoca a população a prestar atenção e cuidado para com a Casa Comum. O Pontífice ressalta o grande desafio da humanidade diante dos constantes problemas das mudanças climáticas e da perda da biodiversidade. 

Francisco chama a todos para uma conscientização global sobre a destruição e uma mudança de mentalidade e ações concretas na preservação e cuidado para com o planeta. Para cuidar de ambos – os problemas ambientais e os problemas sociais –, é preciso uma “conversão ecológica”, conforme escreve o Pontífice na encíclica. 

O enredo do filme trata de sinais da catástrofe ecológica, como o crescente desmatamento das florestas, as altas temperaturas, poluição desenfreada das nascentes, rios e mares, aumento da emissão de gases poluentes na atmosfera. O documentário, portanto, busca elucidar a responsabilidade individual e coletiva diante da preservação da Casa Comum. 

CUIDAR DA AMAZÔNIA 

Na coletiva de imprensa do lançamento do filme, o Cacique Odair “Dadá” Borari, chefe-geral da Terra Indígena Maró, no Pará, ressaltou a necessidade de defender o território da Amazônia. “Falo em nome da floresta e da população indígena que luta para pedir justiça. Espero que os presidentes de todos os países possam unir seus esforços para encontrar uma solução e defender a Amazônia”, afirmou, desejando também que no Brasil se possa construir políticas para a proteção da floresta. 

No dia do lançamento, o Cardeal Michael Czerny ressaltou que o filme é um “grito de alerta para as pessoas de todo o mundo: devemos agir juntos, e devemos fazê-lo agora”. 

Hoesung Lee evidenciou a im- portância da aliança entre fé e ciência para conter os vários riscos ligados às mudanças climáticas. “A comunidade científica acolhe com fervor a oportunidade de se envolver com artistas e pessoas de fé. Tanto a fé quanto a arte podem inspirar uma autêntica ação coletiva pelo clima”, ressaltou. 

Greg Asner, diretor do Centro de Descoberta Global e Ciência da Conservação da Arizona State University e coautor da Tecnologia Spectranomics para criar mapas 3D da biodiversidade, apontou as rápidas mudanças e mencionou desde as ondas de calor oceânicas catastróficas a secas no solo. “A Terra está nos dizendo repetidamente que fomos longe demais com o nosso planeta. Temos que transformar a preocupação em ação rápida. Não são apenas as plantas e os animais que estão em risco – nós também dependemos do planeta e de sua biodiversidade para sobreviver e prosperar”, pontuou. 

PROTAGONISMO JOVEM 

Para a jovem ativista climática e protagonista do filme, Ridhima Pandey, os adultos têm o compromisso de ensinar com exemplos a fazer o melhor pela preservação do planeta, mas os jovens também devem se unir em favor desta causa. 

Arouna Kandé, refugiado climático e estudante de desenvolvimento sustentável, recordou que “vivemos com as escolhas que outras pessoas fizeram. Mas o futuro está chegando, ele é meu e vou liderá-lo bem. Estou estudando na universidade, plantando árvores e tentando ajudar minha aldeia a se desenvolver de forma sustentável. O Senegal tem a criatividade e a engenhosidade para liderar o futuro de for- ma mais justa. Farei parte disso, e farei melhor do que me foi feito”. 

ONDE E COMO ASSISTIR 

Trailer:

Acesse para mais informações: YouTube Originals – YouTube
CLIQUE AQUI E ASSISTA NA ÍNTEGRA

Com informações de Vatican News

1 comentário em “‘The Letter’: filme inspirado na encíclica Laudato Si’ já pode ser visto gratuitamente”

Deixe um comentário