ACN promove campanha mundial: “Um Milhão de Crianças Rezam o Terço pela Paz”

Divulgação

A Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) promove no próximo dia 18, uma nova edição do projeto “Um Milhão de Crianças Rezam o Terço pela Paz”.

Paróquias, creches, escolas e famílias de todo mundo são convidadas fazer parte desse momento. Estima-se que em 2020, 80 países, espalhados em todos os continentes, participem da atividade, que tem como objetivo pedir a unidade, a paz mundial e, dado o contexto atual, o fim da pandemia do novo coronavírus.

HISTÓRIA

Criada em 2005, a iniciativa do Terço das Crianças tem seu início em Caracas, capital da Venezuela, tendo se espalhado rapidamente pelo mundo. A ACN apoia a campanha desde 2008, e há dois anos, passou a se responsabilizar pela organização de todo o evento em âmbito global.

LEIA TAMBÉM

Rosário: Uma coroa de rosas oferecida a Nossa Senhora

EM UNIDADE

Mesmo com o distanciamento social imposto pela COVID-19, estimula-se para que as famílias se unam às crianças, rezando com elas, a oração do terço. No Brasil, uma live com a presença de Frei Rogério Lima, Assistente Eclesiástico da ACN Brasil marcará o evento em território nacional, com transmissão pelo canal do Youtube e Facebook da Fundação, a partir das 15h.

Para vivenciar este encontro, a ACN disponibilizou um kit composto por cartaz, livro para rezar o rosário, carta às crianças, desenhos para colorir e um guia para confeccionar uma pulseira que forma a dezena do Terço.

O material pode ser adquirido gratuitamente pelo site. No mesmo endereço eletrônico, ainda é possível conferir um vídeo sobre a campanha.

A ACN

Instituída em 1947, em um período pós Segunda Guerra Mundial, pelo Padre holandês Werenfried van Straaten, a ACN é uma organização internacional, com sede no Vaticano.

Presente em cerca de 140 países, incluindo o Brasil, a Fundação é responsável por beneficiar milhões de pessoas por meio dos mais de 5 mil projetos nos campos pastoral, com subsídio para a formação de seminaristas, padres e religiosas; material catequético; construção e reconstrução de igrejas e capelas; transporte para religiosos; recuperação de jovens dependentes químicos como nas Fazendas da Esperança; barcos para missionários no Amazonas; construção de escolas e casas para refugiados no Oriente Médio e muito mais.

As doações angariadas pelos escritórios nacionais são gerenciadas pela sede internacional na cidade de Königstein, na Alemanha.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter