Atentado a uma paróquia durante a celebração de Pentecostes abala nigerianos

Um grupo de homens armados entrou violentamente em uma igreja católica no sudoeste da Nigéria, no domingo, 5, deixando dezenas de mortos e feridos. 

Atentado a uma paróquia durante a celebração de Pentecostes abala nigerianos, Jornal O São Paulo
Ilona Budzbon/ACN

Os criminosos invadiram a Paróquia São Francisco Xavier e atacaram vários fiéis com tiros de fuzis e explosivos durante uma missa no Domingo de Pentecostes. Entre os mortos, havia muitas crianças. 

IGREJA LOCAL 

A Diocese de Ondo, à qual pertence a paróquia atacada, manifestou em um comunicado que “é muito triste informar que muitos foram mortos, muitos estão feridos e a igreja violada. A identidade dos perpetradores permanece desconhecida, enquanto a situação deixou a comunidade devastada”. 

O comunicado diz ainda: “Neste momento da história do nosso querido país, a Nigéria, precisamos da intervenção final de Deus para restaurar a paz e a tranquilidade. Enquanto isso, todos os padres da Paróquia estão seguros e nenhum foi sequestrado, como dizem as mídias sociais. Continuemos a rezar por eles e pelo bom povo de Owo e do estado em geral”. 

Para Dom Jude Arogundade, Bispo da Diocese de Ondo, o ataque foi meticulosamente planejado: “Os que tentavam fugir eram alvejados do lado de fora, e muitos foram atingidos ainda no interior do templo. Atiraram dinamite para explodir o santuário. Esse tipo de profanação só pode ser feito pelo mal”. 

PAPA FRANCISCO 

Em Roma, o Papa Francisco manifestou-se à notícia do atentado: “O Papa tomou conhecimento do ataque à igreja em Ondo, na Nigéria, e da morte de dezenas de fiéis, entre eles muitas crianças, durante a celebração de Pentecostes, e os confia ao Senhor para que envie seu espírito para consolá-los”, consta em um comunicado divulgado pela Assessoria de Imprensa do Vaticano. 

AUTORIDADES 

As autoridades não divulgaram ainda uma quantidade oficial de mortos, porém se acredita que pelo menos 50 pessoas morreram, embora se considere que esse número pode ser ainda mais alto. 

Não ficou claro quem está por trás do ataque à igreja. Embora grande parte da Nigéria tenha lutado com questões de segurança, Ondo é amplamente conhecido como um dos estados mais pacíficos do país.

O presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, afirmou: “Não importa o que aconteça: este país nunca cederá às pessoas más e perversas, e a escuridão nunca superará a luz. A Nigéria acabará vencendo”. 

Fontes: Church Pop, NPR e Ajuda à Igreja que sofre 

Deixe um comentário