Menino sobrevive à bala perdida que atingiu seu crucifixo

(Reprodução da internet)

Poucas horas antes do início do ano de 2021, um menino da província de Tucumán, na Argentina, sobreviveu a uma bala perdida, após o disparo ter atingido o crucifixo que ele levava em seu peito, provocando apenas um ferimento superficial.

Segundo o boletim de ocorrência, publicado pela imprensa local, o fato ocorreu por volta das 22h de 31 de dezembro de 2020. Foi informado que um menino de 9 anos chamado Tiziano, procedente da cidade de Las Talitas, ingressou com seu pai na Guarda do Hospital ‘Niño Jesús’, no bairro Sul da capital de Tucumán, com “um ferimento superficial no tórax e que o mesmo foi produzido por uma arma de fogo”.

“Então, depois de 48 minutos sendo examinado exaustivamente por médicos de plantão, o menino recebeu alta para continuar desfrutando da última noite do ano”, acrescenta o boletim de ocorrência, que não revela por que o tiro não causou danos maiores.

Repercussão

No entanto, a família confirmou ao jornalista da rede Telefé, José Romero Silva, que o crucifixo que Tiziano usava ao pescoço evitou que o projétil entrasse em seu corpo. Além disso, enviaram a ele as fotos do crucifixo danificado pelo impacto da bala.

(Reprodução da internet)

Mais tarde, Silva partilhou as fotografias no seu Twitter, dizendo: “Milagre do Ano Novo: ontem à noite, minutos antes da meia-noite uma bala perdida atingiu uma criança no peito em Las Talitas. Mas o impacto foi sobre um crucifixo que o menor estava usando”.

Nas fotos é possível ver imagens do crucifixo com um furo no centro ao lado do projétil. Outra fotografia mostra uma mulher carregando a criança nos braços, em frente ao hospital onde foi assistida.

O Hospital ‘Niño Jesús’ confirmou ao site local eltucumano.com o ingresso do pequeno Ticiano com ferimento de arma de fogo. “Não foi descoberto no ato médico, a família contou sobre o crucifixo”, indicaram ao site as fontes do hospital sobre o impacto da bala no crucifixo.

(Fonte: ACI Digital)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter