Seminário Internacional revelará resultados de pesquisas sobre saúde mental e COVID-19

Pixabay

“Implicações da pandemia de COVID-19 na saúde mental na América Latina e no Caribe”  é o nome do Seminário Internacional que acontecerá na quarta-feira, de abril. Trata-se de uma análise de situação e revisão de recomendações internacionais sobre o assunto.

PESQUISAR PARA AGIR

A pesquisa apresentará suas principais conclusões durante o Seminário Internacional, que, em sua introdução, lembra que a América Latina e o Caribe é uma região composta por 629 milhões de pessoas, segundo estimativas de 2019, e é considerada um espaço cuja diversidade cultural se confunde com a disparidade no desenvolvimento de cada país, pois há aqueles que apresentam alto nível de desenvolvimento e outros que estão em subdesenvolvimento. 

Em meio a essa realidade, apresenta-se a declaração da Organização Mundial da Saúde, que definiu a COVID-19 como uma emergência de saúde pública, uma pandemia em evolução que permeou todas as áreas da vida, o que implica em mudança de práticas e formas de socialização;

INSCRIÇÕES

O Seminário Internacional virtual é organizado pela Fundação Procultura, a Universidade Autônoma do Chile e o Centro de Gestão do Conhecimento do Conselho Episcopal Latino-Americano. De acordo com sua agenda, contará com a presença de especialistas e pesquisadores em saúde mental de amplo reconhecimento internacional.

Entre eles estarão Consuelo Estadella, chefe de saúde mental da Fundação Procultura, Evelyn Magdaleno, chefe da Divisão de Desenvolvimento Social e Humano do Governo Regional Metropolitano, Basil Darker, clínico geral e teólogo, capelão do Hospital Paroquial San Bernardo e Silvia Peláez, psiquiatra e médico suicida; Cofundador da ONG Last Resort. Na moderação estará María Teresa Abusleme, chefe da Unidade de Estudos da Fundação Procultura.

O evento virtual acontecerá das 15h às 17h na Colômbia, mediante inscrição prévia no seguinte link: https://bit.ly/380iDAy

Deixe um comentário