Solidariedade entre mães polonesas e ucranianas chama a atenção

Uma foto com vários carrinhos de bebê enfileirados viralizou na internet na semana passada. O que há, porém, de especial em itens tão comuns do cotidiano? No registro, feito pelo fotógrafo italiano Francesco Malavolta, os carrinhos da imagem foram deixados por mães polonesas em uma estação de trem que recebe milhares de refugiados ucranianos em fuga, que tentam se salvar dos ataques russos.

Solidariedade entre mães polonesas e ucranianas chama a atenção

A ideia, segundo o jornal italiano Corriere della Sera, é ajudar mães que chegam com seus bebês à Polônia a continuarem a jornada.

Ao sair da Ucrânia, na maioria das vezes as famílias – sem a presença dos maridos e pais, que permanecem no país para se juntarem ao Exército – são obrigadas a abandonar seus pertences, entre eles carrinhos de bebê, roupas, fraldas etc. Pensando nisso, as mulheres polonesas se uniram e deixaram os acessórios, junto com cobertores e itens de higiene, na estação de trem, para facilitar a fuga segura de mães e bebês ucranianos e, assim, concretizar um gesto de solidariedade.

Estima-se que em decorrência da guerra, mais de 100 mil pessoas cruzem a fronteira entre a Ucrânia e a Polônia todos os dias.

Fonte: Corriere della Sera

Deixe um comentário