Confira nossa versão impressa

Apostolado da Oração se reinventa para continuar a rezar pela humanidade

Apostolado da Oração se reinventa para continuar a rezar pela humanidade
Associados do Apostolado da Oração valem-se das mídias sociais para manter a rede de oração pelo Papa e a Igreja, e a devoção ao Sagrado Coração de Jesus

Beatriz Xavier da Silva, 72, é coordenadora arquidiocesana do Apostolado da Oração, a Rede Mundial de Oração do Papa. O Apostolado da Oração se reúne semanalmente para rezar e participar das missas dominicais ou feriais, mas, com a orientação do isolamento social, devido à pandemia, o movimento está se reinventando, e pessoas que nunca tinham participado de uma reunião virtual, por exemplo, começaram a usar diferentes meios para rezar juntas.

Junho é o mês dedicado ao Apostolado da Oração e, no dia 19, celebra-se a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Por isso, os grupos estão se organizando para que a data fique marcada como um dia de oração e intercessão pelo Papa, suas intenções e toda a humanidade.

Ações em tempo de pandemia

Apostolado da Oração se reinventa para continuar a rezar pela humanidade

Em entrevista ao O SÃO PAULO, Beatriz Xavier da Silva disse que está sendo muito difícil ficar sem participar das celebrações e receber a Eucaristia, pois a prática faz parte da devoção ao Sagrado Coração de Jesus.

“Cada grupo da Arquidiocese, nas paróquias, mesmo cumprindo o isolamento social, está unido por meio das redes sociais, como WhatsApp, com as orações diárias do aplicativo Click To Pray e o Evangelho Diário”, contou Beatriz.

Ela falou também sobre o acompanhamento com o coordenador nacional do Apostolado, Padre Eliomar Ribeiro, SJ, que tem ajudado com lives e vídeos gravados, em que faz estudos sobre a Rede Mundial de Oração do Papa, sobre a revista mensal dedicada ao movimento, “Mensageiro do Coração de Jesus”, e reza o Terço da Mansidão, além das missas na primeira sexta-feira de cada mês.

Rostos da fé

Tiago Santos, 28, é coordenador do Apostolado da Oração da Paróquia Nossa Senhora do Carmo, na Vila Paulistana, Setor Jaçanã, e também coordenador adulto do Movimento Eucarístico Jovem (MEJ) na Arquidiocese de São Paulo.

Para ele, falar de tecnologia para o Apostolado é um assunto delicado porque, embora muitas pessoas estejam familiarizadas com o celular e com as redes sociais, a grande maioria ainda não.

“No nosso grupo, somos 30 membros ativos, que têm entre 28 e 93 anos de idade, porém menos da metade da comunicação é feita por WhatsApp, por exemplo. Por isso, é necessário criar estratégias. Com tudo isso acontecendo e o afastamento das igrejas, do grupo, dos momentos de Adoração ao Santíssimo Sacramento e dos encontros presenciais, eles se sentiram muito tristes. Criamos uma página, abrimos um perfil no Instagram por causa do grupo do MEJ que temos na Paróquia. Então, desde quando a pandemia começou, muitas senhoras, por iniciativa própria, fizeram momentos de oração e começaram a nos enviar fotos no grupo, rezando o Terço por meio de videochamadas, realizando os momentos de oração on-line, e, nas primeiras sextas-feiras de cada mês, começamos a realizar a Adoração e Hora Santa por meio da página da Paróquia, pelas intenções do Papa, além da transmissão da missa. Neste mês, criamos uma meditação para 12 dias com as Promessas do Sagrado Coração de Jesus e iremos celebrar juntos e virtualmente a Novena ao Sagrado Coração de Jesus. Além disso, no dia da solenidade, também iremos transmitir a missa”, contou Tiago Santos.

TESTEMUNHOS

Frei Guilherme Pereira Anselmo Junior, Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, do Jardim Tremembé, lembrou que a oração é que sustenta a vida da comunidade de fé.

“Agradeço imensamente a cada membro do Apostolado. Vocês nos ensinam a ter esperança nesses tempos difíceis da pandemia. O esforço de cada um em aprender as novas formas de ocupar espaços virtuais, a perseverança na oração e na ajuda mútua, o carinho nos gestos. Enfim, agradeço por vocês nos sustentarem como um chão firme e seguro”, disse o Frade.

Apostolado da Oração se reinventa para continuar a rezar pela humanidade

Membro do Apostolado da Oração há 12 anos, Pasqualina Siciliane dos Santos, 78, tem acompanhado as missas da primeira sexta-feira do mês pela internet e, sempre que possível, mantém contato pelo WhatsApp com o grupo.

“Sinto saudade de participar presencialmente, mas Jesus está comigo do mesmo modo. Em meio às dificuldades da tecnologia, consigo participar bem, com a ajuda dos meus familiares e amigos. Estou tranquila neste tempo de pandemia. O Sagrado Coração de Jesus está comigo dando forças. Meu celular se tornou um meio importante para que eu permaneça firme na fé, acompanhando as atividades da minha Paróquia.”

“Pertencer a esta Rede Mundial de Oração do Papa é uma grande alegria na minha história de fé”, disse Leandro Araujo Vieira, 29, coordenador do movimento na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, do Jardim Tremembé.

Nestes tempos de pandemia e por meio da tecnologia, Leandro tem tentado motivar os membros de todas as maneiras possíveis.

“Temos um grupo no WhatsApp com os nossos 55 membros ativos, e, neste grupo, envio o link das celebrações e atividades paroquiais, além de acolher os pedidos de oração. Na medida do possível, tento estar presente no cuidado e atenção aos membros mais idosos, juntamente com outros membros do grupo. O Movimento Eucarístico Jovem do Apostolado da Oração tem atuado com proximidade do Apostolado, de maneira muito significativa. Minha gratidão a essa juventude do Sagrado Coração.”

Para Ubirajara de Sousa Vieira, 82, e Rosa de Jesus Serrano Vieira, 78, o momento é de aprendizado e oração: “Pertencemos ao Apostolado da Oração há mais de 50 anos e, diante do tempo que estamos vivendo, ressalto nosso compromisso com a fé e com as atividades da nossa Paróquia. Participamos das atividades na primeira sexta-feira do mês, oração do Terço, missas diárias, grupos do WhatsApp. O avanço da tecnologia nos impulsiona a sempre aprender… Antes era pela TV, agora pelos celulares”.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Maradona jogou pela paz a pedido de Francisco

Campeão do mundo com a seleção da Argentina, em 1986, um dos maiores jogadores de todos os tempos morreu nesta quarta-feira, 25. Ele encontrou-se com o Papa, no Vaticano, em 2014

Câmara lança campanha de 21 dias pelo fim da violência contra a mulher

Além da violência física contra a mulher, deputadas destacam importância de se combater violência política e psicológica A Secretaria da Mulher e a Primeira-Secretaria...

Dom Odilo à TV Canção Nova: ‘Que Deus continue iluminando e fortaleça este trabalho’

Arcebispo Metropolitano presidiu missa na comemoração dos 20 anos da emissora na capital paulista Na noite da segunda-feira, 23, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo...

Em live, Cardeal Scherer refletirá sobre a encíclica Fratelli tutti

Nesta quarta-feira, 25, às 20h30, a Arquidiocese de São Paulo realizará mais uma edição do Diálogos com a Cidade, totalmente on-line, em virtude da...

Jovens se conectam a Assis para pensar em uma economia a serviço da vida

Mais de 2 mil jovens, de 115 países, participaram, entre os dias 19 e 21, do encontro internacional “Economia de Francisco”, atendendo ao convite...

Newsletter