Confira nossa versão impressa

‘Deus entra em contato conosco na suavidade da nossa consciência’

‘Deus entra em contato conosco na suavidade da nossa consciência’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa na manhã desta sexta-feira, 12, na capela de sua residência, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Na homilia, Dom Odilo refletiu sobre a primeira leitura (1Rs 19,9a.11-16), que narra a experiência sobrenatural de Elias, escondido no Monte.  O profeta esperou a manifestação de Deus no vento impetuoso, no terremoto e no fogo. No,  entanto, “Deus lhe falou na suavidade, na serenidade, no momento do silêncio de uma brisa leve”.

BRISA SUAVE

O Cardeal recordou que Elias viveu em uma época marcada pela idolatria, algo que ele combatia fortemente. Tal idolatria era marcada, muitas vezes, pela adoração das forças da natureza. No entanto, a experiência do profeta mostra que Deus não está nesses fenômenos. 

“Deus entra em contato conosco na suavidade da nossa consciência, quando nos colamos a ouvi-lo, quando nos abrimos para ouvir sua Palavra. Ele se encontra conosco sem se impor, respeita a nossa liberdade e nos convida a ir ao seu encontro e escuta-lo de boa vontade”, enfatizou o Arcebispo, recomendando que que cada pessoas reserve, todos os dias, alguns momentos para um encontro com Deus.

MATRIMÔNIO E FIDELIDADE

No Evangelho do dia (Mt 5,27-32), Jesus fala sobre o matrimônio e a fidelidade conjugal, ressaltando que não é somente por meio de ações que se comete o adultério, mas também por meio do desejo e do olhar perturbado por paixões desordenadas.

Ao comentar este trecho, Dom Odilo chamou a atenção para as muitas situações matrimoniais marcadas pela infidelidade e até pela violência e pelos abusos, o que são uma “distorção da relação verdadeira”. “Que Deus abençoe todos os casais, alimentar todos os dias, e não se deixar levar por paixões desordenadas”, afirmou. 

AOS CASAIS

O Cardeal recordou, ainda, a comemoração do Dia dos Namorados nesta sexta-feira, e que, neste sábado, 13, celebra-se a memória de Santo Antônio, presbítero e doutor da Igreja, popularmente invocado para interceder pelos casamentos.

O Arcebispo recomendou que os casais de esposos, noivos e namorados busquem acompanhar a missa juntos nesse dia e coloquem sua vida e relacionamento diante do Senhor.

O Cardeal também ressaltou o valor do sacramento do Matrimônio para a Igreja, “mesmo quando a cultura do nosso tempo não valorize mais o casamento”. “Para os casais cristãos, pedimos para pensar no casamento, formar um vínculo que seja um verdadeiro projeto de vida em Deus”, completou.  

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Natal 2020: lições para aprendermos e ensinarmos

Quem diria, há um ano, que estaríamos nos preparando para o Natal desta maneira tão diferente de tudo o que cada um de nós...

Na solenidade da Imaculada Conceição, Papa Francisco fará homenagem particular a Nossa Senhora

Para evitar aglomerações, seguindo as recomendações das autoridades sanitárias contra a COVID-19, o Papa Francisco não realizará o tradicional ato de devoção a Nossa...

Na beleza do universo, contemplar a grandeza do Criador

Na quarta-feira, 2 de dezembro, se comemora o Dia Nacional da Astronomia, ciência que busca a compreensão física sobre o universo

Novena de Natal 2020: ‘Deus entra em nossas casas’

Subsídio preparado pela Arquidiocese de São Paulo é iluminado pelo sínodo arquidiocesano e pelas diretrizes gerais da CNBB, e está sensível ao atual momento...

Vídeo do Papa: ‘rezando, mudamos a realidade e nossos corações’

Foi divulgada, nesta terça-feira,1°, a videomensagem do Papa Francisco com a intenção de oração para dezembro, último mês de 2020, ano marcado pela pandemia...

Newsletter