Jovens católicos egípcios nas pegadas de Santo Tomás de Aquino

O grupo é organizado de forma que todos os ofícios e funções são desempenhados alternadamente por seus membros, e conta com o acompanhamento de um assistente pastoral

Jovens católicos egípcios nas pegadas de Santo Tomás de Aquino
Jovens com o Patriarca copta católico Ibrahim Isaac Sidrak (foto: arquivo do grupo)

Os jovens egípcios que se juntam à “Família de Santo Tomás de Aquino” afirmam que sua intenção “não é buscar a glória da Igreja Católica, mas testemunhar a glória de Cristo”.

Para isso, desejam dar uma contribuição específica com um amplo conjunto de iniciativas destinadas a promover a redescoberta, o estudo e a difusão da Teologia e da espiritualidade católicas nas suas características essenciais.

O grupo de jovens leva o nome do “Doutor Angélico” para expressar sua devoção ao grande santo dos Dominicanos, o “gigante teológico” da Igreja de todo o mundo. Eles estão percorrendo um caminho único de “retorno às fontes” e, ao fazê-lo, estão também a serviço do ecumenismo e da plena comunhão com os irmãos de outras igrejas.

A Família de Santo Tomás de Aquino recebeu um importante reconhecimento pelos méritos de suas iniciativas durante a primeira Conferência sobre Educação Cristã, organizada em novembro pela Agência de Mídia Católica Egípcia e pelo Centro Cultural Franciscano no convento franciscano, localizado no bairro de Mokattam, no Cairo, capital do país.

Fundado em 2019 por iniciativa de um grupo de jovens que visitaram a Catedral Católica Copta de Minya, o grupo é organizado de forma que todos os ofícios e funções são desempenhados alternadamente por seus membros, que também conta com o acompanhamento de um assistente pastoral, função atualmente exercida pelo Sacerdote Saïd Luca.

Nos primeiros anos de atividade, a iniciativa contou com o apoio ativo do Padre Malek Sami, então Pároco da Catedral de Minya.

Os jovens membros da Família de Santo Tomás de Aquino (na foto com o Patriarca copta católico Ibrahim Isaac Sidrak) dão os primeiros passos no campo da pesquisa científica e acadêmica sobre temas eclesiásticos, com o objetivo de divulgar, por meio de brochuras informativas – até agora 45 foram publicadas –, os ensinamentos e a doutrina da Igreja Católica.

Os membros da “Família” também animam conferências e encontros em paróquias de todo o país, encenam peças de teatro com conteúdo cristão e promovem acampamentos de estudantes, que são organizados nas aldeias da província egípcia de Minya durante o verão.

Devido à suspensão de muitas iniciativas por causa da pandemia, a “Família” se propôs a utilizar as redes sociais, sobretudo para divulgar pequenos vídeos mostrando os conteúdos dos filmes lançados pelo Padre franciscano norte-americano Casey Cole.

Fonte: Agência Fides

Notícias relacionadas

Jovens católicos egípcios nas pegadas de Santo Tomás de Aquino

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter