Confira nossa versão impressa

Retirar-se para ouvir a voz de Deus

Retirar-se para ouvir a voz de Deus
Crédito: Martonella/Pixabay

Na vida cristã, são necessários momentos em que nos retiramos da agitação do mundo para predispor-nos mais a ouvir a voz de Deus e a fazer a sua vontade. Essa necessidade de interromper, por um tempo, o curso normal da vida e pôr-se por inteiro à disposição de Deus é retratada muito bem pelo episódio narrado no Evangelho de São Lucas  da visita de Jesus à casa de Marta e Maria (Lc 10, 38-42).

Marta recebeu Jesus e seus discípulos em casa com agitação e falta de paz interior, preocupada em servi-los. Maria, por sua vez, aproveitou a presença do Senhor para estar aos seus pés e ouvir o que Ele tinha a dizer. Jesus elogia a conduta de Maria, ao afirmar “que ela escolheu a melhor parte, a que não lhe será tirada”. Se é assim, devemos, também, como Maria, em certos momentos da vida, estar aos pés de Jesus, sem nenhuma outra preocupação além dessa.

O retiro espiritual é um instrumento importante para imitarmos a conduta de Maria. Normalmente feito em grupo e conduzido por um pregador, o retiro pode ser também realizado de maneira solitária e pessoal. Nesta forma individual, o retiro adapta-se às possibilidades de tempo e lugar e às necessidades espirituais de cada um, e é um forma de crescer na intimidade com Deus e no amor ao silêncio e à solidão.

Entretanto, se o retiro pessoal adapta-se às necessidades de cada pessoa, realizá-lo pode trazer algumas dificuldades e perguntas. Onde deve ser feito? Quando tempo de duração? O que rezar ou meditar? Como posso desligar-me do mundo para estar a sós com Deus? Para responder a essas perguntas, é importante ter em mente as indicações a seguir para um bom retiro pessoal:

  1. Escolha um lugar silencioso, que favoreça a oração: Recomenda-se que o retiro seja realizado num ambiente silencioso, propício para o encontro com Deus. É melhor que se escolha um lugar que não seja a própria casa, para não existir nenhuma distração. Diversos mosteiros possuem casas de hóspedes para receber aqueles que desejam fazer essas experiência (no fim do texto, apresentaremos alguns deles), mas também é possível fazer numa casa de campo, numa casa solitária etc. O ideal é que seja num lugar com sacrário, para ser possível estar diante de Jesus Sacramentado;
  • Desligue o celular e corte qualquer meio de comunicação com o mundo externo: Um retiro deve ser um encontro íntimo entre a alma e Deus. Por isso, toda distração pode atrapalhar esse momento;
  • Fale com seu diretor espiritual ou confessor: Os conselhos de uma pessoa experimentada na vida espiritual e que nos conhece pode ajudar-nos a decidir o que devemos meditar em nosso retiro pessoal. Se devemos meditar sobre certa virtude que devemos adquirir ou sobre certa verdade da fé, qual livro devemos levar, o cronograma do retiro, tudo isso pode ser melhor discernido com a ajuda de um diretor ou confessor;
  • Leve a Bíblia e um livro para meditar: Um bom livro espiritual, como a Imitação de Cristo, a Filoteia ou tantos outros, pode ser nosso guia e alimento para a nossa oração. A Bíblia, também, é essencial. Ela pode ser meditada, por exemplo, pelo método da Lectio Divina;
  • Faça um cronograma: Um pequeno cronograma pode ser muito útil. Preveja com antecedência, por exemplo, a hora da missa, do Terço, da Lectio, da leitura espiritual, da Adoração, das refeições etc. Um retiro pessoal pode durar um dia ou mais, a depender da possibilidade de cada pessoa;
  • Não crie falsas expectativas: O objetivo do retiro é estar mais próximo de Jesus, e não buscar revelações especiais de Deus. Deve-se, antes de tudo, procurar amar a Jesus como Maria na casa de Lázaro e deixar que Ele, com sua graça, aja em nosso coração. Um retiro é uma ocasião especial para meditarmos os rumos de nossa vida, mas não pense que, ao fazê-lo, terá a resposta clara para todos os seus problemas e discernimentos;
  • Tomar propósitos concretos de mudança de vida: Ao longo do retiro, recomenda-se que se anotem os propósitos tomados para mudar em nossa vida os aspectos que necessitam de mudança. Devemos nos dedicar mais à oração e à caridade ao próximo? Devemos ser mais pacientes, mansos, castos ou lutar com mais afinco para venceu um defeito e adquirir uma virtude?

ONDE FAZER?

Alguns mosteiros oferecem acomodações para o que desejam retirar-se por alguns dias. A vantagem de realizar o retiro pessoal em um mosteiro é a possibilidade de participar da liturgia e das orações dos monges, além do ambiente silencioso que facilita o recolhimento. Alguns mosteiros que disponibilizam essa opção em São Paulo ou perto da capital:

Abadia de Santa Maria

Avenida. Cel. Sezefredo Fagundes, 4650, no Jardim Tremembé, São Paulo (SP). Telefone para contato: (11) 2265-5095 ou (11) 2203-8946.

Cela de São José da Abadia São Geraldo

Estrada Mosteiro Nossa Senhora da Paz, 1.665, Itapecerica da Serra (SP).

Telefone para contato: (11) 4667-1723 ou (11) 4667-1378. E-mail: hospedaria@csasp.g12.br.

Mosteiro de São João

Avenida Dr. Adhemar de Barros, 330, Campos de Jordão (SP).

Telefone para contato (12) 3672-1060. E-mail: contato@mosteirosaojoao.org.br

Outros mosteiros também oferecem hospedagem. Para saber as condições da hospedaria, é necessário entrar em contato com o local. Devido à pandemia, alguns deles podem estar com restrições para receber retirantes.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Dom Luiz inaugura capela da medalha milagrosa na Paróquia São Felipe Néri

Também se comemorou o centenário do fundador da Congregação e da Paróquia, o Padre Aldo Giuseppe Maschi (1920-1999) Na sexta-feira, 27 de novembro, Dom Luiz...

Pastoral do menor da Região Sé promove encontro on-line

O missionário José Cícero conduziu o momento de espiritualidade A Pastoral do Menor da Região Episcopal Sé realizou um encontro on-line em 26 de novembro,...

Em busca da unidade: bispos terão manual da Santa Sé sobre ecumenismo

Nesta sexta-feira, 4, na Sala de Imprensa da Santa Sé, no Vaticano, será apresentado o documento intitulado “O bispo e a unidade dos cristãos:...

Carreata marca os 50 anos da Paróquia Nossa Senhora de Casaluce

A comunidade instalada no bairro do Brás a mais de um século, foi elevada paróquia no dia 19 de outubro de 1970 No sábado, 28...

Rede Mundial de Oração do Papa torna-se Fundação Vaticana

A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou nesta quinta-feira, 3, um comunicado informando que, por decisão do Papa Francisco, a Obra Pontifícia “Rede...

Newsletter