Confira nossa versão impressa

Padre Marcelo Maróstica celebra jubileu de prata sacerdotal

Padre Marcelo Maróstica celebra jubileu de prata sacerdotal
Padre Marcelo preside missa em ações de graças por seu jubileu sacerdotal

Na noite do sábado, 3, na Paróquia São José do Belém, aconteceu a missa em ação de graças pelo jubileu de prata do Padre Marcelo Maróstica Quadro, Pároco e Coordenador de Pastoral da Região Episcopal Belém.

A celebração eucarística foi presidida pelo próprio jubilando e teve entre os concelebrantes Dom Luiz Carlos Dias, Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Belém, e o Cônego Marcelo Matias Monge, que conhece o Padre Marcelo desde 1991.

“Nestes 25 anos de vida sacerdotal, tenho visto sua vida ser gastada com o outro, com o irmão. Você já assumiu algumas ou várias missões paroquiais, regionais, arquidiocesanas, estaduais e diocesanas. No entanto, você conservou sempre sua humildade e sua docilidade”, disse o Cônego, na homilia, quando também recordou as diversas funções assumidas pelo Padre Marcelo ao longo de seu sacerdócio: Assessor da Juventude, Administrador Paroquial, Pároco, Coordenador da Região Belém, Coordenador do Secretariado Arquidiocesano de Pastoral, Diretor da Caritas Arquidiocesana de São Paulo e membro do Comitê Nacional para Refugiados (Conare).

O Cônego mencionou, ainda, a disponibilidade do jubilando nos trabalhos com os bispos que foram vigários episcopais na Região Belém e com os arcebispos de São Paulo ao longo destes 25 anos, além da permanente atenção aos leigos, religiosos, diáconos e padres.

Na parte final da missa, muitas foram as menções de gratidão a Deus pelo sacerdócio do Padre Marcelo. Deolinda Maróstica Quadro, sua mãe, afirmou: “Comemorar 25 anos de sacerdócio do nosso filho é uma alegria imensa. Padre é um chamado, é uma vocação, e foi Deus quem o chamou para esta graça”.

Dom Luiz Carlos, ao ressaltar o valor inestimável de um sacerdote para a vida da Igreja, agradeceu ao jubilando “pela nossa amizade, por todo o bem que tem realizado no contexto da nossa Região, de maneira toda especial na coordenação dos trabalhos e atividades das nossas pastorais. E, dessa forma, nós rezamos para que continue a exercer o ministério com todo o vigor”.

Por fim, emocionado, Padre Marcelo agradeceu as manifestações de carinho. “Esta semana, eu me perguntava: o que torna um homem um verdadeiro padre? A capacidade de amar. São João Maria Vianney dizia nos seus escritos que o sacerdote é o amor no coração de Jesus. Que desafiador! E me desafiei, e continuo nestes 25 anos a dar este amor para com todos”, afirmou. “Não dá pra ser padre se você não tem alegria, não tem encanto e se não encanta os outros, e não se encanta por Deus”, concluiu.

A íntegra da missa pode ser vista por meio deste link: https://cutt.ly/WgwUuP3.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Fratelli tutti e as polêmicas considerações sobre o neoliberalismo e o populismo

Fratelli tutti (FT) é uma encíclica social, voltada aos problemas socioeconômicos do mundo atual, regido pela economia de mercado. Nesse sentido, chama...

Rede Vida lança canais com programação educativa gratuita

Desde o dia 1º de outubro, a Rede Vida de Televisão iniciou um projeto que marca as...

Papa impõe o pálio no novo Patriarca latino de Jerusalém

Nomeado Patriarca em 25 de outubro, até então, Dom Pierbattista Pizzaballa, exercia o ofício de Administrador Apostólico do Patriarcado

Vocacionados da Arquidiocese participam de encontro com Dom José Benedito Cardoso

Na tarde do sábado, 24, na Paróquia São João Maria Vianney, Setor Pastoral Lapa, aconteceu o encontro...

Jovens sarados realizam encontro na Paróquia Santa Cândida

Paróquia Santa Cândida, o encontro Compromisso da Missão Jovens Sarados. Tradicionalmente, a atividade é realizada na sede...

Newsletter