Brasil ultrapassa a marca de 392 mil mortos pela COVID-19

Média móvel de óbitos/dia continua em queda, e hoje é 20% menor do que era há 14 dias, indicando redução efetiva no número de novos mortos pela doença

Foto: Arquivo do Governo do Estado do Piauí

Nas últimas 24 horas, 1.279 óbitos por COVID-19foram registrados no Brasil, fazendo com o acumulado de vitimados pela doença já seja de 392.204  pessoas. De ontem pra hoje, houve o acréscimo de 31.044 diagnósticos positivos da doença, levando ao total de 14.370.456 brasileiros infectados com o coronavírus desde o início da pandemia. As informações são do consórcio de veículos de imprensa.

Os números de hoje, porém, reforçam a perda de força da pandemia no País, uma vez que a média mortes está em 2.451 óbitos/dia, queda de 20% em comparação a 14 dias; e a de novos casos/dia está em 56.106, uma variação de -21% em relação há duas semanas. Reduções percentuais acima de 15% indicam que há efetiva queda seja para óbitos, seja para novos casos.

Também hoje, pela primeira vez desde julho de 2020, nenhum dos estados do país apresenta tendência de alta nas mortes por COVID-19.

Os dados apresentados pelo Ministério da Saúde são diferentes. Nas últimas 24 horas ocorreram 1.139 óbitos, chegando ao acumulado de 391.936 mortos pela doença. Em casos, o total desde o começo da pandemia é de 14.369.423, dos quais 28.636 foram registrados de ontem para hoje.

Vacinação

De acordo com informações coletadas por veículos de imprensa junto às secretarias estaduais da Saúde, até esta segunda-feira, 26, um total de 29.554.723 pessoas já receberam a 1a  dose de vacina contra a COVID-19, o que representa 13,96% da população brasileira.

A 2a dose já foi aplicada em 13.127.599 pessoas (6,20% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.

Novo baixa de casos em SP

O Estado de São Paulo registra nesta segunda-feira, 26, o acumulado de 92.798 mortes e 2.838.233 casos de COVID-19 desde o início da pandemia. Entre os infectados, 2.504.568 estão recuperados e, desse total, 290.811 estiveram internados e receberam alta hospitalar.

Hoje há 22.039 pacientes internados, sendo 10.458 em unidades de terapia intensiva e 11.581 em enfermarias.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado é de 80,4% e na Grande São Paulo é de 78,7%.

Fontes: G1, Ministério da Saúde e Governo de São Paulo

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter