Cardeal Scherer: ‘no fim a esperança triunfará, a vida triunfará’

Em entrevista ao Vatican News, o Arcebispo de São Paulo falou sobre a vivência da Semana Santa em meio à pandemia e deixou uma mensagem de esperança aos fiéis

Foto: Vatican Media

“Pelo segundo ano consecutivo nós celebramos o Tríduo Pascal, a semana inteira e a Páscoa, sem a presença do povo nas nossas igrejas por causa da pandemia. Nós aderimos ao apelo das autoridades sanitárias, das autoridades públicas para que também nas igrejas não houvessem aglomeração de pessoas nem o risco de contágio. Por isso, nossas igrejas ficaram vazias em todo este tempo: abertas para o povo entrar e rezar individualmente, mas as celebrações sem a participação do povo”, disse o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, em entrevista publicada pelo Vatican News nesta Quarta-feira Santa, 31.

CLIQUE E OUÇA A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA

Dom Odilo aponta que essa é uma situação bastante triste, uma vez que a Semana Santa é um momento forte de manifestação da fé, com a ida do povo às igrejas, de intensas orações, comunhão na fé, “com toda a igreja que celebra, que adora, louva, acolhe, pede perdão. Mas nós incentivamos o povo a participar a distância, pelos meios de comunicação, das mídias sociais, e sabemos que muitos o fazem”, comentou.

O Arcebispo de São Paulo destaca que passado um ano de pandemia na Igreja aprenderam a usar essas técnicas de transmissão e a participar remotamente das celebrações. “É a maneira que nós temos para que as pessoas não fiquem sem celebrar, sem participar, ao menos desta forma. Se não é uma participação integral, é certamente uma participação que tem um grande valor”.

Mesmo sem a participação presencial das pessoas, lembra o Arcebispo, é possível celebrar com fé. “E a fé da Igreja neste momento é muito importante, sabendo onde dois ou três estão reunidos no nome de Jesus, Ele também lá está no meio”.

Dom Odilo observou, ainda, que a fé da Igreja não esmorece,  “na medida que o povo se une, participa, reza em suas casas, a igreja doméstica. De toda maneira, a igreja permanece firme na fé e vive este mistério da Paixão e Morte de Jesus, sentindo também, de alguma forma, essa participação na angústia, na tristeza da Paixão de Jesus”

Ainda na entrevista, Dom Odilo afirma que a vacinação contra a COVID-19 no Brasil “está devagar, deveria estar mais eficiente, muito mais rápida”; pondera que “a observância das medidas restritivas do distanciamento social, distanciamento físico nem sempre são observadas devidamente”, mas que grande parte da população está aderindo e com o esforço de muitos, e queira Deus, de mais e mais pessoas nós vamos conseguir superar esta pandemia o quanto antes, e no fim a esperança triunfará, a vida triunfará”.

Fonte: Vatican News

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter