Cardeal Scherer nomeia os decanos da Arquidiocese de São Paulo

Mapa da organização das Regiões Episcopais e dos Decanatos da Arquidiocese de São Paulo

Seguindo o processo pós-sinodal de reorganização pastoral e administrativa da Arquidiocese de São Paulo, o Cardeal Odilo Pedro Scherer nomeou, no dia 1º, os decanos dos 24 decanatos criados recentemente.  

Em vigor desde 25 de janeiro, os decanatos são unidades pastorais integradas por certo número de paróquias e todas as organizações eclesiais e pastorais nelas compreendidas em cada região episcopal. Os decanatos substituem os setores pastorais. 

Conforme prevê o Regulamento dos decanatos da Arquidiocese, o decano deve ser sempre um presbítero, com ao menos cinco anos de ordenação presbiteral, nomeado e provisionado pelo Arcebispo de São Paulo para esse encargo, ouvindo os bispos auxiliares e os presbíteros do respectivo decanato.

O presbíteros “religiosos”, isto é, os membros de institutos de vida consagrada, também podem ser escolhidos como decanos, mas devem ter, ao menos, três anos de serviço sacerdotal prestado à Arquidiocese de São Paulo, e manter, ao menos, mais três anos de estabilidade na provisão do encargo que exercem.

“O mandato do decano será de três anos, podendo ser renovado. Porém, por justa motivação, o mandato do decano poderá ser abreviado pelo Arcebispo, de acordo com seu prudente discernimento”, acrescenta o Regulamento.

São atribuições do decano:

  • Reunir-se com regularidade, para um encontro fraterno, com os presbíteros e diáconos do Decanato;
  • Visitar os sacerdotes e diáconos do Decanato, sobretudo os enfermos, e informar o Bispo Vigário Episcopal sobre as situações de saúde que mereçam maiores atenções;
  • Acompanhar possíveis situações de necessidade dos presbíteros e diáconos e referir ao Vigário Episcopal da Região;
  • Participar das reuniões com o Vigário Episcopal e com o Arcebispo, quando solicitado;
  • Promover a formação de agentes pastorais e seu acompanhamento no Decanato, podendo isso também ser feito entre vários decanatos e em âmbito regional.

Os decanos serão empossados e provisionados nos seus ofícios na Quinta-Feira Santa, dia 28, durante a Missa do Crisma, na Catedral Metropolitana de São Paulo.

Veja o decreto de nomeação dos decanos: 

Veja como estão estruturados os decanatos nas Regiões Episcopais da Arquidiocese de São Paulo:

guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Aparecida Cardoso Feitosa
Aparecida Cardoso Feitosa
24 dias atrás

Colheremos bons frutos, eu creio!!!