Crianças e adolescentes da Paróquia São João Maria Vianney perseveram em fazer o bem

Desde 2015, Movimento da Perseverança realiza obras caritativas em favor dos que mais precisam

Crianças e adolescentes da Paróquia São João Maria Vianney perseveram em fazer o bem
Foto: Arquivo pessoal

Tudo foi pensado com muito carinho: a ornamentação do ambiente, os hot dogs e os refrigerantes que foram servidos, as músicas católicas cantadas e dançadas, além da acolhida a cada um dos amigos que eram aguardados para aquele encontro especial em 2 de abril no salão da Paróquia Bom Jesus dos Passos, em Pinheiros. 

Naquele dia, crianças e adolescentes do Movimento da Perseverança, da Paróquia São João Maria Vianney, na Região Episcopal Lapa, entregaram kits com escova de dente e pasta, sabonete, shampoo, desodorante, cotonetes e absorventes, além de mochilas com materiais escolares para 50 crianças em situação de vulnerabilidade social que vivem em áreas de reintegração de posse e são assistidas por projetos do Instituto Caminhar, uma entidade sem fins lucrativos que atua no atendimento gratuito e proteção integral a crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social.

De acordo com Maria Ida Comino, coordenadora do Movimento da Perseverança junto com a catequista Camila Jesus, as arrecadações dos itens e a montagem e embalagem dos kits ocorreram durante 40 dias, como gesto concreto da Quaresma, e em sintonia com a Campanha de Fraternidade deste ano, cujo tema é “Fraternidade e Educação”. 

“Foi um momento cheio de amor, doação e muita alegria. Esse é o trabalho maravilhoso da Perseverança, com começo, meio e fim. Um modo lúdico de catequizar e evangelizar, vivenciando a caridade e o amor de Jesus!”, explicou Maria Ida ao O SÃO PAULO

“Em um encontro maravilhoso, foram realizadas diversas ações, entrega de itens para nossas crianças, além de doações de tempo, amor e dedicação. Nossos corações transbordam de alegria e gratidão, pois não importa se o trabalho é pontual ou com frequência definida. O que importa é fazer o bem”, consta em uma postagem nas redes sociais do Instituto Caminhar, cujo responsável é o senhor Marcelo Melges.

HISTÓRICO DE BOAS INICIATIVAS

Desde 2015, o Movimento da Perseverança desenvolve iniciativas solidárias com o objetivo de despertar nas crianças e adolescentes o espírito cristão de amor ao próximo. 

Em 2018, por exemplo, foi realizada uma ação em prol de crianças carentes com deficiência física. Após visitar locais que as acolhem e participar de palestras e dinâmicas sobre acessibilidade e deficiência física, o grupo se mobilizou para arrecadar fundos para aquisição das cadeiras de rodas. Para tal, as crianças e adolescentes do Movimento da Perseverança venderam doces na porta da Paróquia São João Maria Vianney, arrecadaram recursos e pediram doações no fim das missas. O resultado foi a entrega de seis cadeiras de rodas adaptadas exclusivamente para a necessidade de cada criança. As beneficiadas foram escolhidas a partir da lista de pacientes da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). 

Já em 2019, após conhecer o trabalho de acolhida a refugiados realizado pela Missão Scalabriniana, o Movimento da Perseverança arrecadou donativos em favor dos refugiados, totalizando mais de R$ 2,2 mil, além de 6 mil itens variados.

No ano passado, em meio à pandemia de COVID-19, o Movimento da Perseverança viabilizou a entrega de mil marmitas para pessoas em situação de rua na região central da cidade.

“Não basta apenas que as crianças façam uma doação, mas, sim, que passem por todas as fases até chegar na mão do favorecido. É preciso conhecê-lo, saber das suas dificuldades, evangelizá-lo e acolhê-lo, como Jesus nos ensinou”, concluiu Maria Ida Comino. 

Crianças e adolescentes da Paróquia São João Maria Vianney perseveram em fazer o bem
Foto: Arquivo pessoal

Deixe um comentário