Cura d’Ars é modelo para aqueles que desejam ser bons pastores

É o que destacou o Cardeal Scherer, Arcebispo Metropolitano, em missa no Seminário Maior de Filosofia da Arquidiocese de São Paulo

Crédito: Vitor F. Battisti Petris

Na noite da quarta-feira, 12, o Seminário Maior de Filosofia Santo Cura d’Ars, da Arquidiocese de São Paulo, comemorou solenemente seu padroeiro, São João Maria Vianney, com uma celebração eucarística presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano.

Concelebraram o Padre Frank de Almeida, Reitor; o Cônego José Adriano, Diretor Espiritual; o Padre João Inácio Mildner, Assessor Eclesiástico da Pastoral da Saúde; e o Padre Maércio Ângelo, Secretário do Arcebispo.

Durante a homilia, Dom Odilo ressaltou a vida exemplar do padroeiro dos sacerdotes e lembrou que o Cura d’Ars é modelo para todos aqueles que desejam ser bons pastores, servindo ao povo de Deus como verdadeiros discípulos do Senhor.

O Arcebispo ainda destacou que o Santo, apesar de sua baixa escolaridade e suas dificuldades com os estudos, apresentava de modo extraordinário, desde sua tenra idade, um alto nível de espiritualidade que, pouco a pouco, foi amadurecendo e culminou num “desabrochar” gratuitamente amoroso para com Deus, por meio do povo que lhe foi confiado, fazendo antes de tudo, orações e penitências pela conversão de seu rebanho.

(Com informações e fotos do seminarista Vitor F. Battisti Petris)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter