‘Deus vai à procura daqueles que se perderam e os reconcilia consigo’

Cardeal Odilo Scherer (Foto: Bruno Melo/arquivo)

O Cardeal Odilo Pedro Scherer presidiu na terça-feira, 7, a missa da memória litúrgica de Santo Ambrósio. A Eucaristia celebrada na capela da residência do Arcebispo de São Paulo foi transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Ambrósio nasceu em Treves, por volta do ano 340. Estudou em Roma e iniciou em Sírmio a carreira da magistratura. Em 374, vivendo em Milão, foi eleito bispo da cidade e recebeu a ordenação no dia 7 de dezembro. Fiel cumpridor do seu dever, distinguiu-se sobretudo na caridade para com todos, como verdadeiro pastor e doutor dos fiéis. Protegeu corajosamente os direitos da Igreja; com seus escritos e atos defendeu a verdadeira doutrina da fé contra os Arianos. Morreu no Sábado Santo, em 4 de abril de 397.

Bom Pastor

No Evangelho do dia (Mt 18,12-14), Jesus se compara o Bom Pastor que vai em busca da ovelha perdida. A imagem do pastor também está presente na primeira leitura (Is 40,1-11), na qual o profeta Isaías afirma que, como um pastor, Deus “apascenta o rebanho, reúne, com a força dos braços, os cordeiros e carrega-os ao colo”.

“Este tempo do Advento nos recorda a certeza de que Deus não nos abandona, vai à procura daqueles que se perderam e os reconcilia consigo”, afirmou Dom Odilo, na homilia, lembrando que Jesus, repetidas vezes, afirmou serem os pecadores que precisam de perdão e que veio para resgatar do que estavam perdidos.

Retomar o caminho

“As palavras de Jesus são um estímulo a todos aqueles que se acham esquecidos por Deus ou pela Igreja, para tomem consciência de que o Senhor não se esquece de ninguém”, acrescentou o Arcebispo, reforçando que Natal é tempo propício para retomar a alegria de se sentir parte da Igreja.

Recordando Santo Ambrósio como intrépido pastor, que governou com a força da autoridade de bispo e a sabedoria de teólogo e homem de Deus, o Cardeal Scherer invocou sua intercessão para que todos se mantenham no caminho da fé verdadeira, em sintonia com aqueles que são os legítimos pastores enviados por Cristo para cuidar do seu rebanho.

Deixe um comentário