Dias de festa no Mosteiro da Luz pelo padroeiro, Frei Galvão

Dias de festa no Mosteiro da Luz pelo padroeiro, Frei Galvão, Jornal O São Paulo
Luciney Martins/O SÃO PAULO

A Igreja Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, no Mosteiro da Luz, bairro da Luz, esteve em festa entre os dias 2 e 25 de outubro, celebrando o Padroeiro. No dia de encerramento aconteceram seis missas: às 7h, 9h, 11h, 13h, 16h e 19h.

A celebração das 16h foi presidida pelo Cardeal Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, e comcelebrada pelo Padre José Arnaldo Juliano dos Santos, Capelão do Mosteiro da Luz, e com a assistência dos Diáconos Seminaristas Álvaro Moreira Gonçalves e Claudinei Venâncio da Silva, e do Diácono Permanente João Carlos Fornari.

Na homilia, Dom Odilo reforçou as virtudes do Santo, tais como a santidade, a religiosidade, a simplicidade e a pobreza, vivendo uma vida missionária e que, apesar de tantos anos após sua morte, ainda hoje tem grande significado, pois ensina o caminho da santidade que é o de se aproximar de Deus e fazer a Sua vontade. O Cardeal também ressaltou que “a santidade é missão de todos nós, é Deus que faz o milagre. O que faz o santo não é o milagre, mas, sim, a sua comunhão com Deus”.

Frei Galvão sabia ouvir as pessoas, uma virtude fundamental válida ainda hoje. Sabia aconselhar, orientar, direcionar ao caminho de Cristo. Era um pacificador, um reconciliador, promovia a reconciliação, a concórdia e a paz.

Em todos os dias, houve a distribuição das pílulas de Frei Galvão, confeccionadas pelas Irmãs Concepcionistas da Ordem da Imaculada Conceição. É tradição que sejam distribuídas gratuitamente às pessoas que têm confiança na intercessão de Frei Galvão.

(Com informações do Centro Pastoral da Região Sé)

Deixe um comentário