Diocese de Osasco faz o envio 7 mil Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão

Diocese de Osasco faz o envio 7 mil Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, Jornal O São Paulo
Foto: Kathiane | Pascom Rainha Santa Isabel

No dia 20 de novembro, a Igreja no mundo viveu a Solenidade de Cristo Rei do Universo. Nela se encerra o Ano Litúrgico e também celebra-se o Dia dos Leigos e Leigas, recordando sua missão de cristão batizado, não apenas dentro das comunidades, mas sobretudo propagando o Evangelho no exercício de suas atividades seculares.

A concentração dos fiéis começou às 14h com a oração do Santo Terço. Em seguida, às 15h, o bispo diocesano Dom João Bosco Barbosa presidiu a Santa Missa, no Ginásio de Esportes José Correa, em Barueri.

A Solenidade contou com a presença expressiva do clero, seminaristas, religiosos e religiosas presentes na Diocese de Osasco, e de autoridades municipais. A missa foi marcada pelo envio de aproximadamente 7.000 Ministros Extraordinários e pela Abertura do 3º Ano Vocacional no Brasil, que será celebrado de 20 de novembro de 2022 a 26 de novembro de 2023.

Em sua homilia, Dom João Bosco falou da importância do serviço dos leigos, aos quais a Igreja dedica e reza no dia de Cristo Rei. “Que bom ver esse número tão grande e ao mesmo tempo tão pronto de leigos e leigas… exercendo o Ministério tão necessário, tão oportuno, tão importante dentro da nossa realidade diocesana.”

Fazendo menção ao Evangelho do dia, o bispo propôs aos ministros extraordinários que, celebrando a grandeza do Ministério, se colocassem na pessoa do ladrão Dimas, que pede a Jesus para ser lembrado quando estiveres no paraíso, reconhecendo no Rei insultado “Aquele que vem nos trazer Misericórdia”.

Diocese de Osasco faz o envio 7 mil Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, Jornal O São Paulo
Foto: Kathiane | Pascom Rainha Santa Isabel

“E que nós fizéssemos do nosso Ministério, o Ministério da misericórdia divina. Seja na Palavra, seja nas Exéquias, seja nas próprias comunidades servindo na Comunhão. Seja diante dos enfermos”.

No início do Rito da Investidura dos Ministros não Ordenados, os padres coordenadores pastorais de cada região apresentaram ao bispo aqueles que iriam receber o Mandato, que em sinal de prontidão, se colocavam em pé confirmando o seu ‘sim’ ao chamado. Após a homilia, os Ministros receberam a bênção de envio e das vestimentas, “marca da Igreja que lhes confere o Ministério”, como destacou o bispo.

Ao final, Dom João Bosco conduziu a oração oficial do 3º Ano Vocacional no Brasil, ressaltando que não se trata de uma iniciativa restrita aos padres e religiosos, mas toda Igreja é chamada a rezar pelas vocações em todos os níveis: “aí está o tema do ano: graça e missão. É preciso que todos nós, cada um dos batizados, entenda que a sua vida é missão. A igreja é missão!”

Devido à capacidade do local e ao grande número de Ministros, a participação da missa foi restrita aos fiéis que receberam a investidura. Para que todos pudessem participar em comunhão com toda a diocese, a missa foi transmitida pelos canais de comunicação diocesanos.

Fonte: Diocese de Osasco

Deixe um comentário