Dom Odilo preside missa na novena de Santo Antonio de Sant’Anna Galvão

Fotos: Sandra Castanhato

Na tarde do domingo, 22, o Cardeal Odilo Pedro Scherer presidiu missa na Igreja Santo Antonio de Sant’Anna Galvão, no Mosteiro da Luz, por ocasião da novena do padroeiro, cuja memória litúrgica é celebrada em 25 de outubro.

No começo da missa, concelebrada pelo Cônego José Arnaldo Juliano dos Santos, Capelão do Mosteiro da Luz, o Arcebispo Metropolitano recordou que Frei Galvão (1739-1822) foi um missionário franciscano, com destacada atuação na cidade de São Paulo, tendo construído aquele templo, onde seu corpo também está sepultado.

Na homilia, Dom Odilo – aludindo à liturgia do 29º Domingo do Tempo Comum – destacou que no ser humano está marcada a pessoa de Deus, uma vez que o homem foi criado à Sua imagem e semelhança, de modo que somente a Ele deve ser dado “louvor, honra e glória”, e sempre ser respeitada a Lei de Deus.

Ao recordar que naquele domingo também se celebrava o Dia Mundial das Missões, Dom Odilo ressaltou que em sua atividade missionária a Igreja deve anunciar o Reino de Deus a todos, para que se convertam e acolham este Reino, tarefa que também é de cada cristão, chamado a seguir a recomendação de Jesus aos apóstolos de que fossem por todo o mundo para anunciar a Boa-Nova e serem suas testemunhas. “Renovemos a consciência de que todos nós somos Igreja missionária”, disse, exortando que os católicos também assumam este compromisso na Igreja em São Paulo.

“Nós agradecemos a Deus pelo testemunho de vida santa que Frei Galvão deixou aqui em São Paulo”, disse ao Arcebispo, antes de dar a bênção final aos fiéis com a relíquia de Santo Antonio de Sant’Anna Galvão.

guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
ARMANDO LEONARDO e Cinira
ARMANDO LEONARDO e Cinira
3 meses atrás

VIVA SANTO ANTONIO D SANTANA GALVÃO NOSSO PRIMEIRO SANTO brasileiro