Exposição no Memorial Achiropita-Orione apresenta os títulos de Nossa Senhora

Mostra pode ser conferida de modo presencial até 28 de outubro, com agendamento prévio

Exposição no Memorial Achiropita-Orione apresenta os títulos de Nossa Senhora, Jornal O São Paulo
Fotos: Memorial Achiropita-Orione

Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora Achiropita, Nossa Senhora do Brasil e Nossa Senhora da Ripalta são alguns dos títulos da Virgem Maria em destaque na exposição “Maria: que as tuas bênçãos possam se derramar no coração de todos que a ti chamam”, aberta ao público no Memorial Achiropita-Orione, anexo à Paróquia Nossa Senhora Achiropita, no bairro da Bela Vista, Região Sé. 

A exposição foi montada com a participação dos projetos Creche Mãe Achiropita, Centro Educacional Dom Orione (Cedo), Casa de Acolhida Rainha da Paz, Movimento de Alfabetização para Adultos (Mova), Núcleo de Convivência para Idosos Dom Orione (NCI), Casa Divina – Imigrantes, Núcleo de Convivência de Adultos Dom Orione (NCA) e Jurídico Dom Orione, mantidos pela Congregação dos Padres Orionitas na Paróquia Nossa Senhora Achiropita. 

Exposição no Memorial Achiropita-Orione apresenta os títulos de Nossa Senhora, Jornal O São Paulo

A mostra apresenta imagens, esculturas, fotografias, artesanatos e ilustrações em pintura, E.V.A. e papel crepom, nos quais é contada a história dos títulos recebidos pela Virgem Maria. Na parede, um grande Terço apresenta muitos títulos de Maria, além das orações da Salve Rainha e Ave-Maria, confeccionadas em tricotin (uma técnica de crochê feita em tear de pregos). 

MARIA, MÃE DE TODOS 

Laura Windson, voluntária e uma das organizadoras da exposição, falou sobre a coletividade na produção da mostra. “Maria nos ama e acolhe a todos como filhos. A ideia da exposição para retratar os títulos de Nossa Senhora nasceu com o intuito de somar forças e representar as ações sociais”, disse. 

A organizadora ressaltou que a participação das crianças, dos idosos, dos imigrantes, das pessoas em situação de rua representa a ternura materna de Maria expressa na simplicidade da exposição. “Todos aqui, padres, leigos, voluntários e atendidos, estão empenhados na promoção da vida e da dignidade”, disse, adiantando que para novembro a exposição será sobre a Consciência Negra, em parceria com a Universidade Zumbi dos Palmares. 

Exposição no Memorial Achiropita-Orione apresenta os títulos de Nossa Senhora, Jornal O São Paulo

Claudia Regina de Oliveira, 47, coordenadora do NCI, destacou que a exposição é uma forma de envolver todos os projetos, de modo especial, os 130 idosos cadastrados, com idade igual ou superior a 60 anos, em situação de vulnerabilidade social. 

“Esta convivência favorece o autoconhecimento, resgatando o sentido para a vida com alegria, fé, espiritualidade e esperança”, comentou, enfatizando que o grupo preparou o manto de pedrarias de Nossa Senhora da Divina Providência que está na exposição. 

O Mova, voltado para pessoas a partir de 16 anos que ainda não se alfabetizaram, participou da exposição resgatando a história de Nossa Senhora da Ripalta, uma devoção italiana que chegou ao Brasil no final do século XIX, trazida pelos imigrantes italianos de Cerignola e Canosa. Existe uma cópia da imagem mariana na igreja matriz da Paróquia de Nossa Senhora Achiropita. 

A Creche, fundada há 16 anos, atualmente atende 188 crianças até 6 anos, em período integral. As crianças pintaram e decoraram o entorno da imagem de Nossa Senhora Achiropita, cuja história de devoção começou no ano 580, quando o capitão Maurício enfrentou uma grande tempestade no mar, pediu socorro a Nossa Senhora e, por milagre, foi salvo da tempestade e cumpriu a promessa de construir um Santuário em Rossano - Calabria. Um artista da região começou a pintura da imagem, mas tudo o que ele pintava de dia desaparecia durante a noite. Assim, surgiu a devoção: Nossa Senhora Achiropita (A-Kiróspita – não pintada por mãos humanas). 

Exposição no Memorial Achiropita-Orione apresenta os títulos de Nossa Senhora, Jornal O São Paulo

A imagem da Padroeira do Brasil foi preparada para a exposição pelos atendidos do Núcleo de Convivência de Adultos Dom Orione (NCA), que atende aproximadamente 200 pessoas em situação de rua. 

Francisco Arnone Junior, 74, é ministro extraordinário da Sagrada Comunhão. Ele ressalta a importância em apresentar ao público a exposição sobre os títulos de Nossa Senhora, como “uma forma de evidenciar que Maria é uma só pessoa representada em vários títulos”, disse. “Cada detalhe conta a história de Maria, marcada pela história de cada um que dedicou seu tempo, criatividade, fé e amor para que o resultado cativasse a todos”, afirmou. 

ESPAÇO DE ARTE E CULTURA 

Inaugurado no ano passado, o Memorial Achiropita-Orione é um espaço que busca preservar a história da igreja matriz da Paróquia Nossa Senhora Achiropita, a memória de São Luís Orione (1872-1940) e a história do bairro da Bela Vista (Bexiga) com suas riquezas culturais. 

Exposição no Memorial Achiropita-Orione apresenta os títulos de Nossa Senhora, Jornal O São Paulo

O memorial é composto por dois ambientes: o primeiro com a exposição permanente de painéis com a história da Paróquia e da Padroeira, além da história e relíquias do fundador da congregação; o segundo espaço é direcionado a exposições itinerantes. 

CONHEÇA A EXPOSIÇÃO 

Maria: que as tuas bênçãos possam se derramar no coração de todos que a ti chamam 
Endereço: Memorial Achiropita-Orione (Rua Treze de Maio, 432, Bela Vista)
Agendamento de visitas: (11) 3106-7235 

Deixe um comentário