Governo de SP inaugura galeria multimídia com obra completa de Candido Portinari

Com acesso gratuito, a iniciativa cria um novo circuito dentro do Museu Casa de Portinari que, além de projetar mais de 5.300 obras catalogadas, ainda vai trazer informações sobre as diversas fases da história do artista; Ação tem um investimento de R$ 250 mil do Estado 

Governo de SP inaugura galeria multimídia com obra completa de Candido Portinari, Jornal O São Paulo
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo inaugurou nesta quinta-feira (22), no Museu Casa de Portinari, em Brodowski (SP), a Galeria Multimídia que vai exibir a obra completa do pintor Candido Portinari (1903-1962). A iniciativa conta com investimento de R$ 250 mil do Estado, patrocínio do Instituto Credicitrus, parceiro oficial do projeto, e o apoio do Projeto Portinari.

“A nova Galeria Multimídia do Museu Casa de Portinari permite pela primeira vez que o público da instituição acesse todas as obras criadas pelo genial pintor brasileiro ao longo de sua trajetória”, afirma Sérgio Sá Leitão, Secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. “Trata-se de uma vasta e completa introdução a todas as fases de Portinari, que pode vista em projeção continua ou dividida em períodos, por meio de terminais interativos. É possível assim ir além do acervo físico do museu, o que torna a visita ainda mais instigante. A implantação deste espaço resulta do compromisso do Governo do Estado com a cultura e as instituições culturais públicas, que receberam aportes recordes na gestão 2019/2022.”

A Galeria Multimídia trouxe um novo percurso dentro do museu, que começa na sala onde foram instalados quatro projetores de alta resolução. Os equipamentos vão exibir, permanentemente e em ordem cronológica, nas paredes, as mais de 5.300 criações de Candido Portinari registradas no catálogo Raisonné, publicação que traz o conjunto da obra do artista cuja fase produtiva foi de 1914 à 1962, quando ele morreu intoxicado pelas próprias tintas. Ação também celebra o aniversário do artista que, se estivesse vivo, completaria 119 anos em 29 de dezembro.

A segunda etapa do percurso é o ambiente onde foi instalado um totem interativo que exibe uma coletânea com cerca de 200 obras emblemáticas de Portinari, entre elas, as das séries “Músicos e Casamentos”, “Chorinho”, “Frevo”, “Paisagens de Brodowski”, “Jogos Infantis”, “Circo”, “Trabalho no Campo”, “Jangadas e Pescadores”, “Tipos Étnicos”, “Cangaceiros”, “Fauna e Flora”, “Descobrimento”, “Ciclos Econômicos”, “Arte Sacra” e “Retirantes”, além de obras únicas do pintor como a conhecida “Tiradentes”.

O circuito termina na sala de painéis interativos que mostram a linha do tempo da vida e obra de Candido Portinari, espaço que já existia no museu, mas que passa a integrar a Galeria Multimídia. Nesse ambiente também há jogos interativos que ensinam e testam a memória do visitante.

Segundo Angélica Fabri, museóloga e diretora-executiva da ACAM Portinari, muitas das obras marcantes, que retratam as várias fases de Portinari, foram produzidas em Brodowski onde o artista nasceu, viveu sua infância e parte da adolescência. “Era em sua terra natal que Portinari passava grandes temporadas em busca de descanso e inspiração. A casa da família, hoje museu, simboliza o amor e o grande vínculo que Candinho mantinha com Brodowski, tão presente em suas criações. Por meio da tecnologia e da inovação, expandimos nosso projeto museológico e criamos uma nova experiência para o público”, explica.

Portinari na parede

João Candido Portinari, idealizador e presidente do Projeto Portinari, e filho único do artista, conta que a Galeria Multimídia é a materialização de uma ideia que começou anos atrás. “O ‘Carrossel Raisonné’ foi uma ideia do Marcello Dantas. Lembro-me bem do dia que ele me disse: ‘João, e se jogássemos o Catálogo Raisonné na parede?’. Implementamos nas exposições ‘Guerra e Paz’, entre 2012 e 2014, e, mais recentemente, na exposição ‘Portinari Raros’, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio, e foi um grande sucesso. O ‘Carrossel’ [que agora ganha o nome de ‘Galeria Multimídia’] é mais um recurso tecnológico para democratizar a obra de Portinari. Nada mais justo que se instale agora, em caráter permanente, no Museu Casa de Portinari, onde ele começou a desenhar e pintar”.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Leia mais
Defesa Civil alerta em caso de Inundação

Deixe um comentário