Jesus: um homem próximo das pessoas e das situações humanas

Afirmou Dom Carlos Silva em programa de rádio

Jesus: um homem próximo das pessoas e das situações humanas, Jornal O São Paulo

De Aparecida (SP), onde participa da 59º Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Carlos Silva, Bispo Auxiliar da Arquidiocese, conversou com os ouvintes da rádio 9 de Julho, na terça-feira, 30 de agosto, no programa “Encontro com o Pastor”, que vem sendo por ele apresentado enquanto o Cardeal Scherer participa de atividades no Vaticano. 

O Bispo Auxiliar comentou sobre o Evangelho da terça-feira (Lc 4,31-37), no qual há o relato de que Jesus expulsa um demônio de um homem possuído. O Prelado destacou que Cristo ensina com sua vida e com os gestos, e afirmou que a pregação de Jesus se destacava diante dos demais homens do seu tempo, e isso fazia com que as pessoas se espantassem e se admirassem. 

“Ele literalmente desconcertava a todos com sua doutrina, porque falava com autoridade, a autoridade que vem do Pai”, afirmou. Dom Carlos também destacou que a autoridade de Jesus era o que dava forças à sua linguagem, pois Jesus utilizava palavras e imagens vivas, que extraía da natureza e das Sagradas Escrituras. “Jesus era um bom observador, um homem próximo das pessoas, das situações humanas”, ressaltou. 

“Jesus nos dá uma aula de proximidade. Nós só podemos curar certos males, certas doenças, certos demônios se nos aproximarmos, sentir a dor do outro e sua necessidade”, frisou, ressaltando a simplicidade e humildade de Jesus. 

59º ASSEMBLEIA GERAL DA CNBB

Dom Carlos Silva também destacou os principais pontos do segundo dia da 59º Assembleia Geral da CNBB, que acontece no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. O Prelado falou da aprovação da nova edição do novo Missal. “Teremos coisas e novidades muito bonitas para nos ajudar a rezar e celebrar melhor os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus”, concluiu. 

OUÇA O PROGRAMA NA ÍNTEGRA – 30.08.2022

Deixe um comentário