Membros da Pastoral Familiar peregrinam ao Santuário Mãe Rainha

Na terceira peregrinação da Região Brasilândia ao Santuário Mãe Rainha, no Jaraguá, no sábado, 21, participaram cerca de 100 pessoas entre membros da Pastoral Familiar, representantes do Encontro de Casais com Cristo (ECC) e da Liga de Famílias de Schoenstatt do Jaraguá. 

Marcos Bastos

A missa foi presidida pelo Padre Marcio Campos da Silva, Pároco da Paróquia São José, na Vila Palmeira, e Assistente Eclesiástico para a Pastoral Familiar na Região Brasilândia, e concelebrada pelo Padre Gustavo Hanna Crespo, Reitor do Santuário. 

Na homilia, Padre Marcio ressaltou que “atualmente, a família está ameaçada como um núcleo de amor, de relações e vínculos, por forças do mundo. E não estamos falando apenas dos discursos contra a vida, mas aqueles que justamente pregam uma vida sem relação, uma vida sem ninguém. Como é possível viver uma vida sozinho se é o outro que revela quem somos? É o relacionamento que faz com que nasçam em nós o amor e a solidariedade. Se não existe a família no amor, não podemos experimentar o amor”. 

O mês mariano de peregrinação ao Santuário termina no sábado, 28, com o grupo do Terço dos Homens. 

Por Sueli Vilarinho
Colaboração especial para a Região Episcopal Brasilândia

Deixe um comentário