Morre Padre Antônio Carlos Nunes, missionário do PIME

O Pontifício Instituto das Missões Exteriores (PIME) comunicou, com pesar, o falecimento do Padre Antônio Carlos Nunes, conhecido como Padre Toninho, no último dia 14, aos 66 anos.

O Sacerdote estava internado havia dez dias no Hospital Santa Cruz, em São Paulo, devido a complicações da COVID-19 e seu quadro piorou progressivamente.

Biografia

Padre Antônio nasceu em Assis (SP) em 10 de dezembro de 1954. Ingressou no PIME em 1977. Professou os votos definitivos no Instituto em 11 de dezembro de 1981 e foi ordenado sacerdote em 11 de Dezembro de 1982, na sua cidade natal.

Após a ordenação, Padre Antônio foi enviado em missão para a Costa do Marfim, na África, onde viveu por 20 anos. Em 2002, retornou ao Brasil para desenvolver o serviço de Animador Missionário na Arquidiocese de Florianópolis (SC) e, em 2004, foi eleito Superior Regional.

Em 2007, foi eleito conselheiro geral do PIME, sendo, então, nomeado superior delegado da Delegação Geral na Itália. Após o mandato, retornou ao Brasil e assumiu o cargo de Reitor do Seminário Filosófico de Brusque (SC).

Em São Paulo

Dez anos depois, em 2017, foi designado para São Paulo, onde assumiu o ofício de Pároco da Paróquia São Francisco Xavier, na Vila Missionária, zona Sul da capital, pertencente à Diocese de Santo Amaro.

Atualmente, era conselheiro regional, ecônomo PIME no Brasil, reitor da Casa Regional em São Paulo. Recentemente, havia sido designado para Ibiporã (PR) como responsável do Centro Missionário e o seminário propedêutico do Instituto.

Funeral

O funeral do Padre Antônio aconteceu em Ibiporã, onde ele foi sepultado, no túmulo dos religiosos do PIME, no Cemitério Municipal da cidade.

(Com informações do PIME)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter