No Santuário São Judas, Apostolado da Oração realiza momento formativo

Cerca de 70 membros do Apostolado da Oração da Região Ipiranga se reuniram entre os dias 21 e 23, no Santuário São Judas Tadeu, para o tradicional “retiro”, três tardes de formação em preparação à Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, celebrada na sexta-feira, 24. 

No Santuário São Judas, Apostolado da Oração realiza momento formativo
Santuário São Judas Tadeu

Na primeira tarde, após o Padre Rodrigo Felipe da Silva, Pároco da Paróquia Santa Cristina e Diretor do Apostolado da Oração da Região Ipiranga, saudar os participantes, a formação foi feita pelo Padre Armênio Rodrigues Nogueira, Diretor do Apostolado da Oração da Arquidiocese de São Paulo. O Sacerdote recordou alguns compromissos dos membros do Apostolado, como o programa de vida espiritual, que inclui a participação da Santa Missa, com o oferecimento diário, e a propagação da espiritualidade do Sagrado Coração de Jesus. Além disso, falou sobre a importância de rezar pelos seminaristas. 

No segundo dia, a formação foi feita pelo Padre William Day Tombini, Pároco da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus. Ele recordou que ingressou no seminário aos 47 anos de idade, graças às orações de muitos membros do Apostolado por ele. Falou também do comprometimento que implica o uso da fita do Apostolado, pois a “beleza da fita está na atividade do membro que a usa, sendo coerente com uma vida cristã exemplar, vivenciando as virtudes que o Coração de Jesus propõe”, frisou. 

No último dia, o Frei José Maria Mohomed Júnior, Coordenador de Pastoral da Região Episcopal Ipiranga, falou sobre a espiritualidade cotidiana de quem tem devoção ao Coração de Jesus. Ele mencionou que é preciso pensar na própria história, com discernimento, para saber se, de fato, se está em sintonia com o Coração de Jesus, “pois quem cuida da vida alheia não cuida de si mesmo”, alertou. 

Por Priscila Thomé Nuzzi
Colaboração especial para a Região Episcopal Ipiranga

Deixe um comentário