‘Nós O reconhecemos pela Sua voz’

Destaca o Arcebispo de São Paulo, ao refletir sobre o encontro do Ressuscitado com Maria Madalena

‘Nós O reconhecemos pela Sua voz’, Jornal O São Paulo
📷 Luciney Martins /O SÃO PAULO

Nesta semana, a Igreja vive a Oitava de Páscoa, que vai até o segundo Domingo de Páscoa, considerada um único grande dia.

No “Encontro com o Pastor”, da terça-feira, 19, na rádio 9 de Julho, o Cardeal Scherer recordou que neste período são lidos Evangelhos sobre os encontros de Jesus Ressuscitado com os seus discípulos.

De modo especial, na terça-feira, é relato o encontro de Jesus com Maria Madalena. Ela vai ao túmulo de Cristo muito cedo e chora ao ver o sepulcro vazio. Não sabe a quem recorrer, não sabe o que aconteceu ou se alguém levou o corpo do Mestre. Enquanto chorava, Jesus aparece e ela não o reconhece logo. Pensando que fosse o jardineiro, pergunta onde puseram o corpo do seu Senhor, pois queria o embalsamar. Ele, então, a chama pelo nome.

“E Maria reconhece aquela voz, era a voz de Jesus. E ela logo responde ‘Ó mestre!’ Que surpresa ouvir a voz de Jesus, reconhecer Jesus pela voz. Reconhecer Jesus pelo Evangelho, esta é a lição. Nós não encontramos Jesus em carne e osso como Maria Madalena, mas o encontramos na Palavra, na Palavra de Deus. Na voz de Jesus que também é voz dos pobres, dos que sofrem, dos doentes, injustiçados. Com eles, Jesus se identifica”, comenta Dom Odilo.

O Cardeal aponta que São João evangelista vai também identificar a Jesus pela voz no Lago da Galileia, numa outra aparição Pascal, quando Ele, de fato, aparece à beira do mar e pede algo para comer. E Pedro responde que nada pescaram. Nisso, João reconhece O Mestre, a voz de Jesus.

“Reconhecer Jesus pela voz, essa é uma coisa bonita. Na Igreja, depois da Ressurreição e da Ascenção de Jesus, nós O reconhecemos pela Sua voz, por sua presença que se faz ouvir. Ouvir de muitas maneiras. Se não reconhecermos desta maneira, de que outra maneira vamos reconhecê-lo? Não esperemos encontrá-lo em carne e osso como Pedro, João, Mateus O encontraram. Jesus agora está glorificado. Nós O ouvimos pela voz do Evangelho, pela voz das pessoas com as quais se identifica de maneira especial, pela voz da Igreja. E se não ouvirmos sua voz, aí não ouviremos nem nenhum outro lugar”, finaliza.

OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA “ENCONTRO COM O PASTOR”

Deixe um comentário