Paulistanos doam 58 toneladas de alimentos ao programa Cidade Solidária nos supermercados

Números das doações da parceria entre APAS e Prefeitura demonstram a solidariedade do paulistano, mesmo em momento de alta nos preços

Reprodução

A pandemia reforçou a necessidade de ajuda às populações vulneráveis, e a parceria firmada entre a Prefeitura de São Paulo e a Associação Paulista de Supermercados (APAS) mostrou o alcance do espírito de solidariedade dos paulistanos e paulistanas. Ao longo do período do acordo, de maio até sábado (04/09), as pessoas que frequentam os 102 supermercados participantes doaram uma parte de suas compras nas caixas de coleta do programa.

Ao todo foram 58 toneladas de alimentos, equivalente a quase meio milhão de reais ou 5.689 cestas básicas. Uma média de mais de 500 quilos de mantimentos por ponto de coleta. “Isso demonstra como população de São Paulo, mesmo enfrentando a crise econômica agravada pela covid-19, se preocupa com aqueles que têm menos recursos. Mostra uma São Paulo mais humana, mais solidária”, afirma a secretária Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), Claudia Carletto.

Iniciada em 12 de maio deste ano, a ação conjunta entre administração pública municipal, por meio da SMDHC, e a entidade que representa o setor supermercadista paulista possibilitou a ampliação dos locais de arrecadação do programa Cidade Solidária. Com o acordo, foram 102 pontos de coleta montados em supermercados, facilitando o acesso à população.

“A parceria foi um importante reforço para o Cidade Solidária, uma das mais significativas campanhas humanitárias que a cidade já experimentou. Conseguimos ampliar o alcance do programa e beneficiar muito mais famílias, no momento em que a fase da pandemia era das mais preocupantes”, afirma Claudia Carletto. “Agradeço a APAS, assim como os lojistas e todas as empresas e organizações que participaram deste acordo de alguma maneira, nessa magnífica conjunção de esforços”, completou.

Ao longo da pandemia da covid-19, o programa Cidade Solidária já distribuiu mais de 5 milhões de cestas básicas e 1,3 milhão de kits de higiene, em todas as regiões. A quantidade de doações recebidas desde o início do programa, por meio da parceria com a APAS e também de empresas, organizações de sociedade civil e pessoas físicas, representa cerca de 10% deste total, enquanto o restante foi adquirido com recursos do município.

A partir de sábado a população que quiser doar para o programa Cidade Solidária deve buscar um dos 21 pontos de recebimento de doações, sendo 20 postos de coleta em equipamentos da SMDHC e o galpão da Cruz Vermelha de São Paulo. O programa também aceita doações em dinheiro, por meio de PIX. 

Cidade Solidária

Com a situação de emergência no município declarada em abril de 2020 em função da pandemia da covid-19, a Prefeitura de São Paulo lançou o Cidade Solidária, com a finalidade de empreender ações coordenadas entre o poder público e a sociedade civil organizada para ajuda humanitária. Já foram distribuídas mais de 5 milhões de cestas básicas pelo programa, que busca garantir a segurança alimentar e a saúde básica das pessoas mais carentes.

A APAS

A APAS foi fundada em 1971 como entidade de classe representativa do segmento empresarial do setor supermercadista. Sua missão é de representar e desenvolver a essencial atividade supermercadista no Estado de São Paulo para melhor atender aos anseios do consumidor, criando valor compartilhado com a sociedade. Os supermercados associados, por sua vez, têm a missão de abastecer a sociedade de forma segura e sem interrupção, em conformidade com o Decreto Federal n° 9.127 de 2017, que estabeleceu a atividade supermercadista como essencial para toda a sociedade. 

O prefeito Ricardo Nunes ressalta a importância para a capital de parcerias com as empresas e se coloca à disposição de outros representantes da iniciativa privada que desejarem contribuir com a cidade.

Como doar para o Programa Cidade Solidária

Os interessados podem fazer doações em dinheiro, para um fundo que viabilizará a aquisição de cestas.

Pelo PIX, por meio da chave: contato@spcidadesolidaria.org

Por transferência bancária, os dados são:
PMSP/SMDU-Cidade Solidária
CNPJ: 46.395.000/0001-39
Banco do Brasil
Agência 1897-X
C/C 2020-6

Postos de doação do Cidade Solidária:
A lista completa com endereços e horários de funcionamento pode ser consultada emhttps://www.spcidadesolidaria.org/

Fonte: Prefeitura de São Paulo

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter