‘Que reconheçamos, em todo momento, os sinais da presença salvadora de Deus’

Cardeal Odilo Pedro Scherer (foto: Bruno Melo/arquivo)

Na missa da segunda-feira, 5, o Cardeal Odilo Pedro Scherer chamou a atenção para confiança na graça redentora de Deus, que vem em socorro da humanidade, por meio de Jesus Cristo.

O Arcebispo de São Paulo presidiu a Eucaristia na capela de sua residência que, como tem feito desde o início da pandemia, foi transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Nesta data, a Igreja celebra a memória litúrgica de Santo Antônio Maria Zacaria. Nascido em Cremona, na Lombardia, em 1502, este Santo estudou medicina em Pádua. A pós ser ordenado sacerdote, fundou a Congregação dos Clérigos de São Paulo (Barnabitas), que muito trabalhou pela reforma dos costumes dos fiéis. Morreu em 1539.

Cura

No Evangelho do dia (Mt 9,18-26), Jesus ressuscita a filha do chefe da sinagoga e, durante o caminho, curou uma mulher que sofria de uma hemorragia há 12 anos.

Ao comentar esse trecho, na homilia, Dom Odilo ressaltou que, a realizar essas curas aflito, Jesus mostra que veio para que todos tenham vida em abundância.

“O Senhor se compadeceu daquele pai que sofria a morte de sua filha… Deus olha para as nossas necessidade e, por meio de Jesus, mostra a sua misericórdia para com todos”, acrescentou o Cardeal.

Sonho de Jacó

A primeira leitura (Gn 28,10-22a) relata o sonho de Jacó, que viu anjos subindo e descendo uma escada que ligava o céu à terra. O Arcebispo relacionou essa imagem com a torre de Babel, narrada em outro trecho bíblico, que representava a soberba daqueles que não reconheceram a Deus e desejaram construir seu próprio caminho para o céu, o que, no entanto, causou grande dispersão e divisão no povo.

“Quem faz essa escada é Deus. Os anjos são os seus mensageiros, sinal do Deus salvador que vem ao nosso encontro, que vem nos socorrer. É aquele em que podemos confiar. Todo dia, ele nos mostra essa escada: a graça e a redenção divina”, afirmou Dom Odilo.  

“Que reconheçamos, em todo momento, os sinais da presença salvadora de Deus, ainda mais nos momentos de sofrimento”, concluiu o Cardeal.  

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter