Rádio 9 de Julho inicia jubileu pelos 25 anos de sua reabertura

Luciney Martins/O São Paulo

Uma missa na Igreja do Mosteiro da Luz, no sábado, 18, marcou o início das comemorações dos 25 anos de reabertura da rádio 9 de Julho, emissora da Arquidiocese de São Paulo. A Eucaristia foi presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, e contou com a participação de comunicadores, funcionários e ouvintes da rádio.

HISTÓRIA

Embora esteja comemorando o jubileu de prata de reabertura, a rádio 9 de Julho tem uma história de sete décadas. A emissora foi fundada em 1953, em meio aos preparativos para as comemorações do 4o centenário da cidade de São Paulo, em 1954. Terminados os festejos, o presidente da República em exercício, Café Filho, ofereceu a rádio à Arquidiocese de São Paulo. A concessão foi efetivada no ano seguinte, por meio de um decreto assinado pelo presidente Juscelino Kubitschek. O início oficial das transmissões ocorreu em 2 de março de 1956. A rádio funcionou até 1973, quando sua concessão foi declarada extinta pelo regime militar.

REABERTURA

Após longo processo para tentar reavê-la, em 1996, o então Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, devolveu a concessão à Arquidiocese, que tinha como Arcebispo o Cardeal Paulo Evaristo Arns. Em 23 de outubro de 1999, a emissora foi oficialmente reinaugurada pelo Cardeal Cláudio Hummes, Arcebispo à época. Atualmente, a emissora, mantida pela Fundação Metropolitana Paulista, mesma mantenedora do jornal O SÃO PAULO, sob a presidência do Cardeal Odilo Pedro Scherer, com a direção do Padre Jorge da Silva, conta com uma equipe de comunicadores, padres e religiosos voluntários,  sempre empenhada no serviço à comunicação.

MISSIONÁRIA DA COMUNICAÇÃO

Para comemorar os 25 anos de reabertura da emissora, haverá uma extensa programação, que contará com celebrações, shows e eventos culturais e de evangelização, além de homenagens que em breve serão divulgadas. “A rádio 9 de Julho é um bênção de Deus para a toda a São Paulo. Por isso, nós a chamamos de a missionária da comunicação”, afirmou Padre Jorge, sublinhando que o maior presente que a emissora poderá receber neste jubileu é a migração para a frequência modulada (FM) e maior integração com as mídias digitais, por meio das quais já é possível acompanhar a programação.

Ao saudar os profissionais e ouvintes, Dom Odilo afirmou que a rádio 9 de Julho é chamada a transmitir, mesmo quando não fala diretamente sobre religião, os valores fundamentais que ajudem a transformar a sociedade. “Faço votos de que, neste jubileu dos 25 da reabertura da rádio 9 de Julho, possamos alcançar o sonho da migração para a frequência FM, para novas tecnologias. Estamos trabalhando para isso e, queira Deus, que consigamos levar isso a efeito este ano”, completou o Cardeal.

guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
ARMANDO LEONARDO e Cinira
ARMANDO LEONARDO e Cinira
3 meses atrás

´PARABENS RÁDIO NOVE DE JULHO QUE DEUS ABENÇÕE SEMPRE ESTA RADIO QUE NOS EVANGELIZA.