Rede Vida lança canais com programação educativa gratuita

Rede Vida lança canais com programação educativa gratuita

Desde o dia 1º de outubro, a Rede Vida de Televisão iniciou um projeto que marca as comemorações dos seus 25 anos, celebrados em junho. Agora, além da programação convencional, a primeira emissora de inspiração católica do Brasil conta com dois canais adicionais com programação educativa.

Esse projeto foi possível após o Governo Federal liberar a multiprogramação nos canais comerciais de TV, em junho, em razão da pandemia de COVID-19. De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), no Sistema Brasileiro de TV Digital esse recurso somente é permitido para os canais consignados a órgãos e entidades integrantes dos poderes da União. Em São Paulo, também a TV Cultura, ligada ao governo estadual, conta com esse recurso.

O decreto presidencial ampliou a permissão para as todas as emissoras comerciais e educativas do Brasil. O Governo Federal também determinou que as emissoras só poderão veicular conteúdo específico destinado às atividades de educação, ciência, tecnologia, inovação, cidadania e saúde, com fins exclusivamente educacionais ou de exploração comercial devido à pandemia.

Iniciativa

Lara Monteiro de Barros Moccia, diretora do projeto Rede Vida Educação, explicou ao O SÃO PAULO que o objetivo dos novos canais é auxiliar as crianças e adolescentes a terem acesso à educação nesse período de pandemia e, ao mesmo tempo, ajudar a diminuir a desigualdade que existe entre os estudantes das redes púbica e privada de educação.

“Entendemos que, com a pandemia, o abismo entre a educação pública e a privada aumentou. Por isso, queremos auxiliar as crianças a ter condições de receber uma educação de qualidade, via televisão, que nada mais é do que o meio mais democrático do Brasil, além de ser gratuito e, no caso da Rede Vida, chega a mais 395 cidades brasileiras por meio do sinal digital aberto”, destacou Lara.

Programação

A maior parte da programação desses novos canais educativos é voltada às crianças na fase de alfabetização. “Isso porque pesquisas mostram que 55% das crianças saem dessa fase sem a alfabetização completa. Por isso, consideramos que podemos ajudar a diminuir essa defasagem. Sem contar que também existe o analfabetismo funcional que afeta muitos adolescentes e adultos ao longo da vida”, ressaltou a diretora.

Os canais também contam com conteúdo voltado a estudantes do Ensino Fundamental e Médio. O site do projeto disponibiliza a grade de programação para que os pais organizem a rotina de estudos dos filhos como complemento da atividade escolar. Para o desenvolvimento da programação, a emissora firmou parcerias com entidades especializadas em conteúdo educativo.

Como sintonizar

O acesso às programações dos canais adicionais é feito manualmente pelo controle remoto. Por exemplo, em São Paulo, o canal aberto da Rede Vida é o 34.1. Agora, é possível acessar as faixas 34.2 e 34.3, destinada à multiprogramação. Para quem tem um televisor de modelo antigo, basta conectá-lo a um conversor digital e ter uma antena UHF.

Os aparelhos mais recentes acessam esse sistema automaticamente. “Nós não temos a pretensão de substituir a escola. Muito pelo contrário: desejamos ser um complemento à educação das crianças, que devem continuar a ir à escola ou assistir às aulas remotas conforme suas possibilidades. Queremos oferecer um conteúdo com começo, meio e fim, com qualidade”, completou Lara. O site para acessar a grade de programação e informações sobre como sintonizar os canais é: www.redevidaeducacao.com.br.

7 comentários em “Rede Vida lança canais com programação educativa gratuita”

Deixe um comentário