Começa a peregrinação das Relíquias de Santa Teresinha em São Paulo

A santa francesa recebeu o título de Doutora em Ciência do Amor pelo Papa João Paulo II e tem 30 comunidades religiosas dedicadas a ela no País

Reprodução

As Relíquias da Santa Teresinha do Menino Jesus, ou de Lisieux, chegam ao Brasil 24 anos após sua última peregrinação no país. A primeira parada é na Paróquia Santa Teresinha, no bairro Higienópolis, em São Paulo (SP), onde permanecem entre os dias 13 e 15 deste mês.

Depois disso, tem início a peregrinação e veneração no interior do estado, a começar pela Catedral Basílica Menor de São Bento, em Marília (SP), que recebe a santa em 16/9 em celebração aos 70 anos de criação e instalação da Diocese da cidade. As Relíquias ficarão no Brasil até 15 de dezembro.

41 cidades do interior paulista farão parte da peregrinação, sendo algumas delas Marília, Bauru, Dracena, Junqueirópolis, Garça, Vera Cruz, Avencas, Oriente, Pompéia, Assis, entre outras (lista completa de cidades e datas abaixo).

Esta é a terceira vez que as Relíquias fazem peregrinação ao Brasil. A primeira foi em dezembro de 1997 e a segunda em 1998.


Uma história de arte, amor e fé

A jovem Santa Teresa da ordem Carmelita foi canonizada em 1925, mas viveu entre 1873 e 1897 na França. Em seus 24 anos de vida, sendo nove deles passados no carmelo de Lisieux (o segundo lugar de peregrinação mais popular do país), carregou como estandarte a tocha do amor universal, da paz entre todos os povos, educação e promoção das mulheres.

Sendo uma artista, sua mensagem foi espalhada nos quatro cantos do mundo pelos seus escritos em “História de uma alma”, publicados um ano após a sua morte, “Correspondência geral”, que contém 266 cartas de Teresa de Lisieux e 199 dos seus correspondentes, e “Uma coleção de 54 poemas”. A coletânea de testemunhos de graças e curas obtidas por intercessão da Santa está registrada no livro “Chuva de Rosas”.

Também criou oito peças de teatro escritas para deleitar e entreter a sua comunidade. A jovem freira as escreveu, dirigiu e interpretou-as juntamente com outras irmãs. As peças são apresentadas até hoje durante grandes festivais e transmitem a mensagem universal que vive dentro dela, a favor do Amor, da Paz, da Vida e da Reconciliação.

O Papa João Paulo II nomeou Teresa de Lisieux Doutora da Igreja Católica em 19 de outubro de 1997 e designou-a por “Doutora em Ciência do Amor”. Atualmente, Teresa de Lisieux é a única mulher francesa a ser Doutora da Igreja entre os 36 Doutores reconhecidos em todo o mundo. Essa honra comprovou que sua doutrina, o seu ensinamento, o caminho que ela traça são dirigidos a toda a humanidade por meio de um amor universal que transcende todos os tempos e lugares, podendo ser encontrado em todas as culturas.

A Santa Teresinha do Menino Jesus nasceu em Alençon, local que guarda as Relíquias de seus pais Zélie e Louis Martin, que foram beatificados em 2008 e canonizados como casal cristão em 2015. Todos os anos o número de visitantes e de peregrinos na cidade aumenta, aproximando-se dos 30 mil em 2019 . Estes são originários dos cinco continentes e representam 85 nacionalidades. 
 
 Acolhida:
13 a 15 de setembro de 2022
Paróquia Santa Teresinha, Higienópolis – São Paulo (SP)

Chegada em Marília
16 de setembro de 2022 (sexta-feira)
Missa na Catedral Basílica Menor de São Bento
20h00

Peregrinação das Relíquias da Santa Teresinha do Menino Jesus
17 de setembro (sábado) – Paróquia Santa Cecília (Álvaro de Carvalho)
18 de setembro (domingo) – Paróquia São Pedro (Garça)
19 de setembro (segunda-feira) – Irmãs Franciscanas de Cristo Rei (Garça)
20 de setembro (terça-feira) – Irmãs Franciscanas de Siessen (Garça)
21 de setembro (quarta-feira) – Paróquia Nossa Senhora de Lourdes (Garça)
22 de setembro (quinta-feira) – Santuário Sagrado Coração de Jesus (Vera Cruz)
23 de setembro (sexta-feira) – Mosteiro da Divina Misericórdia (Marília)
24 de setembro (sábado) – Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora (Avencas)
25 de setembro (domingo) – Paróquia Santa Rita de Cássia (Marília)
26 de setembro (segunda-feira) – Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe (Marília)
27 de setembro (terça-feira) – Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Jóquei (Marília)
28 de setembro (quarta-feira) – Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística (Marília)
29 de setembro (quinta-feira) – Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Fragata (Marília)
30 de setembro (sábado) – Paróquia Nossa Senhora da Glória (Marília)
 

Dia de Santa Terezinha: 1 de outubro (sábado) — Santuário Nossa Senhora da Glória (Marília)
2 de outubro (domingo) – Paróquia Santa Isabel (Marília)
3 de outubro (segunda-feira) – Seminário Diocesano Rainha dos Apóstolos (Marília)
4 de outubro (terça-feira) – Clarissas (Marília)
5 de outubro (quarta-feira) – Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Marília)
6 de outubro (quinta-feira) – Seminário São Pio X (Marília)
7 de outubro (sexta-feira) – Paróquia Santa Antonieta (Marília)
8 de outubro (sábado) – Paróquia Santa Edwiges (Marília)
9 de outubro (domingo) – Paróquia Sagrada Família (Marília)
10 de outubro (segunda-feira) – Paróquia São Miguel Arcanjo (Marília)
11 de outubro (terça-feira) – Paróquia São Sebastião (Marília)
 
Dia da Instalação da Diocese: 12 de outubro (quarta-feira) – Catedral Basílica de São Bento
13 de outubro (quinta-feira) – Paróquia São Judas Tadeu (Marília)
14 de outubro (sexta-feira) – Missão Louvor e Glória (Marília)
 

Dia dos professores: 15 de outubro (sábado) – Colégio Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus (Marília)
16 de outubro (domingo) – Instituto das Missionárias de Nossa Senhora de Fátima (Marília)
17 de outubro (segunda-feira) – Irmãos do Sagrado Coração de Jesus (Marília)
18 de outubro (terça-feira) – Paróquia Santo Antônio (Marília)
19 de outubro (quarta-feira) – Paróquia São João Batista (Marília)
20 de outubro (quinta-feira) – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Oriente)
21 de outubro (sexta-feira) – Paróquia Nossa Senhora do Rosário (Pompéia)
22 de outubro (sábado) — Irmãs Franciscanas Alcantarinas (Pompéia)
23 de outubro (domingo) – DNJ e Infância Missionária (Marília)
24 de outubro (segunda-feira) – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Paulópolis)
25 de outubro (terça-feira) – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Quintana)
26 de outubro (quarta-feira) – Paróquia Sant’Ana (Herculândia)
27 de outubro (quinta-feira) – Irmãs de Nossa Senhora de Fátima — Hospital São José (Herculândia)
28 de outubro (sexta-feira) – Paróquia São Pedro Apóstolo (Tupã)
29 de outubro (sábado) – Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena (Tupã)
30 de outubro (domingo) – Paróquia São José (Tupã)
31 de outubro (segunda-feira) – Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora (Tupã)
1 de novembro (terça-feira) – Paróquia São Judas Tadeu (Tupã)
3 de novembro (quinta-feira) – Paróquia Senhor Bom Jesus (Arco-Íris)
4 de novembro (sexta-feira) – Paróquia São Luiz Gonzaga (Iacri)
5 de novembro (sábado) – Paróquia São Francisco Xavier (Bastos)
6 de novembro (domingo) – Paróquia Imaculada Conceição (Parapuã)
7 de novembro (segunda-feira) – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Rinópolis)
8 de novembro (terça-feira) – Santuário São José (Osvaldo Cruz)
9 de novembro (quarta-feira) – Irmãs Missionárias dos Sagr. Corações de Jesus e Maria (Osvaldo Cruz)
10 de novembro (quinta-feira) – Paróquia São Benedito (Sagres)
11 de novembro (sexta-feira) – Paróquia São João Batista (Salmourão)
12 de novembro (sábado) – Paróquia Imaculado Coração de Maria (Inúbia Paulista)
13 de novembro (domingo) – Paróquia Sagrada Família (Lucélia) e visita à Penitenciária de Lucélia
14 de novembro (segunda-feira) – Irmãs de São José de Cluny (Lucélia)
15 de novembro (terça-feira) – Paróquia Santa Luzia (Pracinha)
16 de novembro (quarta-feira) – Paróquia Imaculada Conceição (Mariápolis)
17 de novembro (quinta-feira) – Paróquia Nossa Senhora de Fátima (Adamantina)
18 de novembro (sexta-feira) – Associação e Fraternidade São Francisco de Assis — Santa Casa (Adamantina)
19 de novembro (sábado) – Paróquia Santo Antônio (Adamantina)
20 de novembro (domingo) – Paróquia São Francisco (Adamantina)
21 de novembro (segunda-feira) – Comunidade Alfa e Ômega (Adamantina)
22 de novembro (terça-feira) – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Flórida Paulista)
23 de novembro (quarta-feira) – Paróquia Nossa Senhora das Graças (Pacaembu)
24 de novembro (quinta-feira) – Paróquia Santa Genoveva (Irapuru)
25 de novembro (sexta-feira) – Paróquia São José (Flora Rica)
26 de novembro (sábado) – Paróquia Santo Antônio (Junqueirópolis)
27 de novembro (domingo) – Santuário Nossa Senhora de Fátima (Dracena)
28 de novembro (segunda-feira) – Sociedade Irmãos da Misericórdia (Dracena)
29 de novembro (terça-feira) – Paróquia São Francisco de Assis (Dracena)
30 de novembro (quarta-feira) – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Dracena)
1 de dezembro (quinta-feira) – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Ouro Verde)
2 de dezembro (sexta-feira) – Paróquia Nossa Senhora da Glória (Tupi Paulista)
3 de dezembro (sábado) – Paróquia Santa Cecília (Monte Castelo)
4 de dezembro (domingo) – Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Nova Guataporanga)
5 de dezembro (segunda-feira) – Paróquia São João Batista (São João do Pau D’Alho)
6 de dezembro (terça-feira) – Paróquia Nossa Senhora das Mercês (Santa Mercedes)
7 de dezembro (quarta-feira) – Paróquia São Pedro (Paulicéia)
8 de dezembro (quinta-feira) – Paróquia São José (Panorama)
9 de dezembro (sexta-feira) – Diocese de Presidente Prudente
10 de dezembro (sábado) – Diocese de Assis
11 e 12 de dezembro (domingo e segunda-feira) – Diocese de Bauru
 

Encerramento da Peregrinação:
Missa: 13 de dezembro de 2022 (terça-feira).
Paróquia São José de Osvaldo Cruz, 20h00.

Fonte: Agência Comunica

16 comentários em “Começa a peregrinação das Relíquias de Santa Teresinha em São Paulo”

  1. Pena que as relíquias tenham se concentrado em poucas cidades na mesma região do estado de SP, impossibilitando que muitos devotos deixem de ter a oportunidade de vê-la de perto… Grandes cidades como Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e muitas outras deveriam estar nesse roteiro… Lamentável !!!

    Responder

Deixe um comentário