‘Um só é Jesus, um só é o Evangelho, uma só é a nossa fé recebida dos apóstolos’

O Arcebispo de São Paulo também falou sobre a festa de São Filipe e São Tiago menor, celebrada por toda a Igreja em 3 de maio

'Um só é Jesus, um só é o Evangelho, uma só é a nossa fé recebida dos apóstolos'
Luciney Martins /O SÃO PAULO

Em seu programa “Encontro com o Pastor”, da terça-feira, 3, na rádio 9 de Julho, o Cardeal Odilo Pedro Scherer se dedicou a falar sobre a memória dos apóstolos e a união da Igreja.

No dia 3 de maio, a Igreja celebra a Festa de São Filipe e São Tiago menor, dois apóstolos, irmãos e primos de Jesus.

Os santos são mártires e por isso se celebra a missa com os paramentos vermelhos, o que, conforme explicou o Arcebispo de São Paulo, significa o sangue dos mártires, o testemunho da adesão a Jesus Cristo também pela doação da vida.

“Celebrar a festa dos apóstolos é sempre muito bom, sempre importante para nós que vivemos da fé recebida dos apóstolos, transmitida por eles, que chegou até nós e da qual nos nutrimos, nos baseamos em seu testemunho”, afirmou.

Dom Odilo pediu a intercessão dos santos irmãos para que os fiéis possam permanecer firmes na doutrina dos apóstolos, nos ensinamentos que transmitiram e na Eucaristia que celebraram no início da Igreja e perpetuaram pelos séculos.

IGREJA SINODAL

O Cardeal mais uma vez trouxe à tona o sínodo arquidiocesano e o Sínodo Universal, convocados, respectivamente, pelo Arcebispo e pelo Papa, para recordar aos fiéis os motivos por que devem ser uma Igreja que caminha unida, em comunhão, na qual todos participam e abraçam a mesma missão.

“Um só é Jesus, o fundador da Igreja, um só é o Evangelho, uma só é a nossa fé recebida dos apóstolos; Portanto, uma só é a nossa participação no mesmo bem comum, o bem da Vida Eterna. Por isso, devemos ser uma Igreja unida e não dividida”, comentou.

Dom Odilo finalizou dizendo que quando o Papa Francisco chama a uma Igreja sinodal, quer recordar exatamente que, desde o princípio, se deve buscar não conformar-se com a divisão, sendo sempre atual o chamado de unir o Povo de Deus na mesma fé.

OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA “ENCONTRO COM O PASTOR”

Deixe um comentário